Com o objetivo de debater e alinhar propostas que darão maior agilidade ao atendimento às mulheres vítimas de violência em Rondonópolis, o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) realizou uma reunião ordinária nesta terça-feira (29), em Rondonópolis.  Na ocasião, as conselheiras definiram o fluxograma de atendimento à mulher vítima de violência na cidade.

“Antes para denunciar, as mulheres vítimas de violência tinham somente a Delegacia da Mulher. Definimos nesta reunião que, a partir do próximo dia 4 de abril, cada dia da semana terá uma conselheira que ficará de plantão no Núcleo dos Conselhos para fazer o atendimento à mulher vítima de violência na cidade”, disse a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Patrícia Carvalho.

O atendimento das conselheiras no Núcleo dos Conselhos, que fica localizado na avenida Tiradentes, 1904, no centro da cidade, será de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h.

De acordo com Patrícia, a criação de um fluxograma de atendimento visa melhorar o encaminhamento e o acolhimento das mulheres vítimas de abusos e casos de violação dos seus direitos. “A criação de um fluxograma de atendimento visa facilitar o encaminhamento, agilizando e melhorando todo o acolhimento”, destacou.

ENCONTROS MENSAIS

O CMDM, que conta com o apoio da Prefeitura de Rondonópolis, por meio da Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social, realiza plenárias mensais e o principal objetivo é formular políticas públicas relacionadas à promoção de melhoria das condições de vida da mulher, com vistas à eliminação de todas as formas de discriminação, no combate a violência doméstica contra a mulher, buscando seu empoderamento e inserção econômica, social, cultural e jurídico na cidade.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta