A Polícia Civil e o Ministério da Agricultura (Mapa) apreenderam 580 quilos e mais de 9,4 mil litros de defensivos agrícolas que estavam escondidos no armazém de uma cooperativa em Campo Novo do Parecis, a km de Cuiabá, nessa quarta-feira (16). Parte dos produtos estavam vencidos e outros deles tem a comercialização proibida no Brasil.

De acordo com a polícia, nas embalagens constavam a informação de fertilizantes, mas, durante análise dos produtos, os fiscais constataram que se tratava de inseticida, totalizando 460 quilos.

Um segundo produto que apresentava também a embalagem como sendo um fertilizante mineral, na análise foi verificado que era um tipo de inseticida, no total de 140 quilos.

Segundo a polícia, também foi encontrado parte do produto em forma líquida. Os rótulos informavam se tratar de fertilizante foliar, no entanto, em teste realizado pela equipe do Mapa, foi constatado que era inseticida. Foram apreendidos 147 galões de cinco litros cada.

Agrotóxicos foram apreendidos durante ação da Polícia e Ministério da Agricultura — Foto: Polícia Civil

Agrotóxicos foram apreendidos durante ação da Polícia e Ministério da Agricultura — Foto: Polícia Civil

Os policiais encontraram ainda no um tipo de fertilizante mineral, porém, ao checar o conteúdo das embalagens foi constatado que era um inseticida de comercialização proibida no país.

Ao todo, os policiais apreenderam 311 galões de fungicidas e herbicidas fora do prazo de validade.

A polícia informou ainda que o responsável pelos produtos era um produtor rural do município. Ele foi preso em flagrante e autuado por crime ambiental, sendo arbitrada fiança de R$ 50 mil.

Os produtos recolhidos terão a destinação adequada pelo Ministério da Agricultura.

O caso foi encaminhado à Polícia Federal para investigação.

Via | G1
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta