Que o exercício físico é considerado um grande aliado da prevenção do ganho de peso e da obesidade isso já é um fato, mas você sabia que ele também pode ajudar a te proteger contra o câncer? Isso mesmo, atualmente há fortes evidências que essa prática tenha efeito protetor especialmente para alguns tipos de câncer como, os de cólon, mama e endométrio. Mas a dúvida é, por que a prática de exercício físico pode ajudar a te proteger contra o câncer?

Podemos afirmar que o sedentarismo ou a prática de exercício físico irregular fazem parte do estilo de vida de milhões de pessoas, sendo insuficientes para manter uma saúde ideal. Além disso, quando associados à maus hábitos alimentares, como o alto consumo de alimentos gordurosos, ricos em açucares, fast foods, frituras, e alimentos altamente calóricos, levam à um acúmulo de calorias ingeridas em relação ao que realmente precisamos ingerir diariamente para manter nosso organismo funcionando.

Esse acúmulo de calorias que não foram gastos durante o dia, acaba sendo armazenado em nosso organismo, geralmente sob a forma de gordura, gerando acúmulo de gordura corporal, sobrepeso e obesidade. É importante lembrar, que pessoas que trabalham na maior parte do tempo sentadas, ou seja, envolvidas em “atividades sedentárias”, e crianças e adolescentes que usam por muito tempo celular, tablet, computador e videogames, precisam ter um cuidado especial para incorporar alguma atividade física no dia a dia, pois há fortes evidências que estes sejam a causa do ganho de peso nesta população.

Por outro lado, a prática de exercício físico regular e na intensidade adequada tem um efeito benéfico na diminuição do risco de câncer. Isso acontece por meio de inúmeros mecanismos que auxiliam na redução nos níveis circulantes de estrogênio, diminuem a inflamação crônica do corpo, aumentam a imunidade, diminuem o estresse oxidativo e o processo de desenvolvimento do câncer, além de reduzirem indiretamente o risco de câncer relacionado à obesidade.

Por este motivo, a prática de exercício físico deve ser encorajada para todos ao longo da vida, inclusive quando for mais velho, mas lembre-se é importante que essa rotina de exercícios seja acompanhada por um profissional especialista ou sob orientação médica. Para a prevenção do câncer, é provável que quanto maior a quantidade de atividade física, maior o benefício.

Para ter um impacto significativo no controle de peso, são necessários níveis mais altos de atividade (45 a 60 minutos de atividade física de intensidade moderada por dia). Crianças e jovens de 5 a 17 anos são aconselhados a acumular pelo menos 60 minutos de atividade física de intensidade moderada a vigorosa diariamente. Ser fisicamente ativo por mais de 60 minutos oferece benefícios adicionais à saúde.

As atividades de intensidade moderada incluem caminhadas, ciclismo, tarefas domésticas, jardinagem e certas ocupações, bem como atividades recreativas, como natação e dança. Atividades vigorosas incluem corrida, natação rápida, ciclismo rápido, aeróbica e alguns esportes coletivos. Por este motivo, estabeleça o hábito diário de ser fisicamente ativo e não deixe para depois, pois, o câncer não espera.

Referências:

1.       World Cancer Research Fund/American Institute for Cancer Research. Diet, Nutrition, Physical Activity and Cancer: a Global Perspective. Continuous Update Project Expert Report 2018.

2.       INCA. Instituto Nacional do Câncer. Ministério da Saúde. Atividade Física. 2021.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta