A equipe do Hospital de Câncer de Mato Grosso (HCanMT) realizou um procedimento inédito no Setor de Pediatria chamado nefrectomia e cavectomia para retirada de tumor. A pequena Mariany Lavignia, de 10 anos, desenvolveu um tumor maligno no rim direito, chamado tumor de Wilms, que acabou crescendo para dentro da veia cava, veia essa que leva o sangue do corpo para o coração.

Na cirurgia, realizada no dia 17 de fevereiro, foi retirado o rim direito, que não funcionava mais, e ressecada a veia cava inferior. O procedimento foi de alto risco e contou com o envolvimento das equipes de Cirurgia Pediátrica e Adulta, Anestesia e Oncologia Pediátrica do HCanMT, além de uma equipe Vascular convidada.

O procedimento foi pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e contou, inclusive, com um equipamento que Controla Parâmetros Hemodinâmicos chamado PiCCO. O equipamento permite controlar quanto de sangue sai do coração, quanto chega, contração dos vasos, permeabilidade dos vasos, quantidade de água no pulmão e diversos outros dados. O equipamento veio garantir a segurança da criança, que já possuía uma insuficiência cardíaca.

A Mariany está estável e continua sendo acompanhada pela equipe. Em breve ela deverá passar pela Quimioterapia e Radioterapia para consolidar o tratamento e evitar recidiva. “A cirurgia foi um sucesso e envolveu muitas mãos, equipe capacitada e equipamentos de última geração. Ficamos muito felizes em realizar essa cirurgia inédita de ressecção da veia cava e ter sucesso no procedimento”, afirma a Cirurgiã Pediátrica Principal da Cirurgia, Dra. Ananda Passos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta