Por meio da parceria realizada pelas Secretarias Municipais de Ciência, Tecnologia e Inovação e de Promoção e Assistência Social e a Obra Kolping, teve início mais um curso profissionalizante destinado ao atendimento da população residente na região do Alfredo de Castro.

A realização do curso de confeitaria faz parte  da terceira etapa do projeto Reconstruindo o Futuro, que está oferecendo 400 vagas em cursos de qualificação profissional para que jovens e adultos em vulnerabilidade social da cidade aprendam uma nova atividade ou até mesmo aprimore seus conhecimentos.

De acordo com a secretária municipal de Promoção e Assistência Social, Iriana Cardoso,  foram montadas duas  turmas do curso de confeitaria, uma de manhã e outra a tarde, beneficiando 40 mulheres. As aulas do curso acontecem no prédio do Cras Alfredo de Castro e não há nenhum custo para as participantes.

“Queremos possibilitar melhoria de vida para a população. O foco da administração com esse projeto é dar a oportunidade de jovens e adultos, principalmente os que estão em situação de vulnerabilidade ou encontram-se em dificuldade financeira, qualificarem-se com profissionais experientes e com isso ter um diferencial no mercado de trabalho”, disse a secretária, que ressaltou que ao todo o projeto ofertará cerca de mil vagas de qualificação profissional.

Ela cita que as oportunidades de capacitação profissional são nas áreas de técnicas administrativas, informática básica, massagem, inclusão digital exclusiva para o público da terceira idade, confeitaria, manicure e pedicure, auxiliar de cozinha, maquiagem, designer de sobrancelhas e depilação. As pessoas atendidas pelos programas desenvolvidos pela pasta da Promoção e Assistência Social também são público-alvo desse projeto.

As vagas são limitadas por cursos. Iriana informa ainda que as pessoas interessados em se capacitar devem procurar o Cras mais  próximo da residência, portando os documentos pessoais, para fazer a inscrição em qualquer um dos cursos que estão sendo oferecidos.

ALTERNATIVA GRATUITA

Neiva de Col, secretária municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, ressaltou a  importância desse investimento do município na qualificação dos trabalhadores da cidade. Segundo ela, os cursos ofertados  pela  parceria da Prefeitura de Rondonópolis com a Obra Kolping surgem como uma alternativa para muitas pessoas que buscam uma  formação profissional, visando atividade que faça a diferença na sua vida e da sua família.

“Esta é uma parceria iniciada em 2020 entre a Obra Kolping e a Prefeitura de Rondonópolis que visa dar uma nova chance de capacitação para pessoas em situação de vulnerabilidade social e, consequentemente, elevar a qualidade de vida delas”, externou Neiva.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta