“Agi em legítima defesa. Fui agredido. Me defendi com o objeto que eu tinha no carro”, disse o agressor do médico tangaraense Jaime Oliveira Aguiar à equipe de reportagem da TV Cidade Verde.

O agressor, que se chama Eduardo, utilizou um canivete para esfaquear a vítima. “Ele me chamou de vagabundo e me deu um tapa no rosto. Estava na contra-mão porque todos andam na contra-mão naquele lugar”, completou o indivíduo, na tentativa de justificar o ato criminoso que cometeu.

Dr. Jaime foi atingido por dois golpes de faca na madrugada do último sábado, 27. Apontado como executor do crime foi preso nesta sexta-feira, 03, pela Polícia Judiciária Civil de Tangará da Serra.

A detenção do indivíduo aconteceu após uma intensa busca por informações que indicassem o paradeiro do suspeito de desferir os golpes de faca contra o médico. Imagens do circuito de segurança tanto da casa do médico, quanto de outras casas e instaladas naquela região, foram analisadas pela polícia durante a investigação, até chegar a identidade e o paradeiro do suspeito.

Dr. Jaime, que é cardiologista, tem 44 anos. No sábado ele foi esfaqueado durante uma discussão com o condutor do carro que passou em alta velocidade, na contramão, quase atropelando os cachorros do médico que atravessava a rua no Parque das Mansões.

O suspeito fugiu do local e a vítima foi levada para o hospital.

Via | BemNotícias
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta