A Polícia Militar de Mato Grosso iníciou, na manhã desta segunda-feira (22.11), no auditório da sede das Promotorias de Justiça, na Capital, o 21º Curso de Sobrevivência Policial do Batalhão de Operações Especiais (Bope). A capacitação é voltada para a segurança do policial militar nos períodos de folga.

Estiveram presentes na aula inaugural o comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso, coronel Jonildo José de Assis, o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante dos Santos, e o deputado estadual Gilberto Cattani, representando a Assembleia Legislativa.

O objetivo do curso é oferecer capacitação continuada, com práticas situacionais voltadas à segurança dos policiais militares, principalmente em ambientes externos, quando à paisana, conforme destacou na ordem do dia o comandante do Bope, tenente-coronel Fabiano Pessoa.

O coronel Jonildo José de Assis falou dos índices nacionais de mortalidade envolvendo agentes de segurança pública como um dos principais motivadores para a criação do curso. “Nós estamos bem preparados e bem formados para os procedimentos operacionais padrão, que regem a nossa profissão, mas o ambiente externo nos preocupa. Esse curso foi muito bem pensado pela nossa diretoria de ensino justamente por esse motivo. É um case de sucesso na PM de Mato Grosso, onde já capacitamos mais de 700 policias”, destacou.

O treinamento seguirá até o dia 26 de novembro e terá 60 horas/aula, capacitando através de disciplinas como mentalidade e neurociência, balística terminal, defesa pessoal e técnicas e táticas de intervenção, temas citados pelo secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante dos Santos, como primordiais na capacitação.

“Capacitação nunca é demais! A gente sabe dos riscos e da vulnerabilidade a qual os polícias passam no dia a dia, sem coletes, no seu ambiente de descanso com a família, como cidadão comum. Esse treinamento se faz importante, preparando o militar para as situações de risco”, disse.

A aula magna teve a participação do coronel Ronaldo Roque da Silva, Diretor da Agência Central de Inteligência da PMMT, que ministrou uma palestra sobre sobrevivência policial, abordando técnicas e procedimentos de autoproteção e conduta.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta