O Governo de Mato Grosso premiou, na manhã desta quinta-feira (18), no Salão Nobre Cloves Vettorato do Palácio Paiaguás, na capital Cuiabá, 15 municípios do Estado em reconhecimento às melhores performances de vacinação da Covid-19 e Influenza durante a realização da primeira etapa do programa “Imuniza Mais MT” e Rondonópolis foi destaque levando o primeiro prêmio”. O valor total da premiação distribuída foi de R$ 1,8 milhão.

O Secretário Municipal de Saúde Vinícius Amoroso representou o município, recebeu a premiação inédita e falou sobre o destaque conseguido. “Esse é um momento importante para os municípios de Mato Grosso. O Governo do Estado se mostrou ao lado dos municípios nesse momento de dificuldade, foi arrojado, criou uma estratégia e hoje beneficia vários municípios, entre eles, Rondonópolis que foi agraciado com o primeiro lugar”.

Em Rondonópolis, o valor do prêmio de R$ 300 mil será investido para a compra de um aparelho de Raio X para o Hospital Municipal.
Vinícius explicou que o prêmio , “é um incentivo financeiro que vem a somar ao município nesse momento de pandemia. É um recurso que entra para  os gestores fazerem novos investimentos em saúde para cuidarmos da população; para cuidar das pessoas que estão precisando nos quatro cantos desse estado”. E prosseguiu: “então, nós deixamos aqui os nossos parabéns a ação do Governo do Estado, à Secretaria de Estado de Saúde (SES), por proporcionar aos municípios esse momento importante, e dar um novo gás financeiro para que os municípios possam investir em saúde”, argumentou.

Ele ainda parabenizou a população de Rondonópolis pela contribuição indo se vacinar e procurando os postos de vacinação e por entender a importância de se vacinar. “Mas nós ainda chamamos a população que não se vacinou, não tomou as suas doses, para que procurem um dos nossos postos de saúde espalhados pelos quatro cantos da cidade para tomar a sua vacina, para se imunizar. Até porque o que salva e o que traz esperança é a imunização e a vacina. Então vacina no braço já; vacina no braço sim! É isso o que nós precisamos, e é isso o que nós queremos para a nossa gente, para a nossa população; uma dose de esperança! É isso que nós estamos prontos, estamos preparados para levar a centenas de pessoas que estão esperando a vacina”, externou.

O Governador Mauro Mendes também falou sobre o projeto da premiação aos municípios: “entregamos hoje o prêmio Imuniza Mais MT que é um reconhecimento do Governo do Estado de Mato Grosso a 15 Prefeituras que se emprenharam, se dedicaram, trabalharam com muito afinco para melhorar o desempenho na cobertura de duas vacinas. Estão todos de parabéns, prefeitos, secretários, agentes da saúde que trabalharam nesse propósito; pois quem ganhou afinal, foi a população”.

Ele disse que melhorou o trabalho do Governo, aumentou a cobertura e garantiu: “esse prêmio dado agora no ano de 2021, ele continua no ano de 2022, porém não só com duas vacinas a serem avaliadas. Serão 12 vacinas. Toda uma cesta de vacina disponível no SUS Sistema Único de Saúde brasileiro, nós iremos trabalhar muito com as Prefeituras, com os prefeitos, para que possamos melhorar o desempenho e ao final atender melhor a saúde pública do estado de Mato Grosso”, pontou.

O Secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, explicou um pouco mais a situação: “por força da pandemia houve um decréscimo substancial de taxa de cobertura vacinal no país todo; de todas as vacinas que estão disponibilizadas a população. Preocupados com isso e com um possível retorno de algumas doenças que já são evitáveis pela vacina, nós lançamos um programa robusto que predispõe investimentos em estrutura física e estrutura de acondicionamento de vacinas, com investimentos em veículos; investimentos em capacitação profissional; investimentos em publicidade e também investimentos em reconhecimentos de boas performances”.

Gilberto repassou que o Governo precisa dar visibilidade para municípios que adotam postura e estratégias de vacinação que possam possibilitar a ampliação e aproximar das metas estabelecidas nacionalmente.

Segundo ele, esse programa foi desenhado assim: “nesse primeiro momento, por força da pandemia; a importância de nós nos precavermos e imunizarmos a população para as doenças que tem relação com doenças respiratórias, como é o caso da Covid-19, e da influenza. O primeiro recorte feito em seis extratos populacionais, e que nós vamos hoje conhecer e reconhecer o feito por 15 municípios do Estado de Mato Grosso”.
 
PRÊMIO AMPLIADO

O secretário adiantou que em dezembro haverá um recorte um pouco maior, mais profundo, e uma avaliação de performance em 12 vacinas, com Covid 19, influenza e mais 10 vacinas do calendário vacinal, e assim será todos os anos com evento de avaliação, para de alguma forma inicial, mostrar meritocracia na hora da saúde.Gilberto Figueiredo ressaltou que a ação dá visibilidade política, para a população e para o gestor que aplica de forma correta o recurso, que monta estratégias que são saudáveis para melhorar performance e  diz que esta é uma competição do bem. Pois segundo ele, “consegue auferir recursos para aplicar na própria área e ter reconhecimento do estado. E o município que faz a tarefa e corresponde das nossas políticas de saúde, tem que ter de certa forma, receptividade melhor por parte do governo, e é isso que nós queremos implementar”, finalizou o secretário.

Via | Assessoria  Fotos | Wheverton Barros
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta