O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) movimenta milhares de jovens por todo o Brasil e traz consigo uma dose de ansiedade e estresse nos dias que antecedem a prova. O ingresso no ensino superior, a escolha de uma profissão e a despedida da comunidade escolar que o acompanhou nos últimos anos, aliado aos dramas e conflitos da adolescência, trazem um turbilhão de emoções que podem prejudicar os estudantes no momento da prova. Por isso, a psicóloga da Escola Eleva, Lais Fontenelle, listou 6 dicas para aliviar o estresse na véspera do Enem.

1 – Organize-se para o dia do Exame

O estresse da véspera do exame faz com que muitos alunos esqueçam aquilo é que imprescindível para a realização do exame: chegar no local no horário certo e com o material necessário. Por isso, é fundamental que o estudante organize com antecedência as canetas que vai levar para o exame, procure saber o caminho a ser percorrido até o local da prova e o tempo necessário para percorrê-lo com calma e antevendo possíveis problemas no deslocamento. Além de separar uma garrafa de água e um lanche ou barrinha de cereal para comer, caso sinta fome durante o exame.

2 – Relaxe ao lado de familiares e amigos

O apoio de familiares e amigos nos momentos que antecedem ao exame é fundamental. Muitos familiares não sabem como fazer isso e acreditam que cobrar uma rotina intensa de estudos seja a melhor forma de prepará-los para o exame. Lembre-se que preparação aconteceu ao longo dos 3 últimos anos, portanto a véspera não resolverá pendências. É preciso reconhecer a necessidade de pausas, momentos de lazer e relaxamento, conversar sobre outros assuntos e realizar atividades em família e com amigos que fujam do tema ‘Enem’, ajudando a aliviar um pouco o estresse no período pré-exame.

3 – Identifique momentos de estresse e separe momentos de escape emocional

É fundamental a identificação de momentos de ansiedade, estresse e esgotamento. Isso mostra a necessidade de pausa e o estudante deve buscar um escape emocional. Passeios, exercícios físicos, idas ao cinema, bate-papo com amigos ou qualquer outra atividade prazerosa pode contribuir positivamente para a saúde emocional do vestibulando, evitando o seu esgotamento mental.

4 – Durma, alimente-se bem e beba água

Alimentar-se bem, dormir o mínimo de horas recomendadas e beber água nos dias que antecedem a prova e na data do exame é importante para que o estudante esteja em boas condições de saúde. Longos períodos de hidratação e alimentação inadequadas podem baixar a imunidade do aluno, desencadeando não só reações físicas, mas também afetando sua confiança no dia do exame.

5 – Foque na prova e esqueça os concorrentes

No dia da prova é importante focar no exame e fazer o seu melhor. O desempenho dos concorrentes ou o tempo que eles levaram para terminar a prova deve ser indiferente. Isso não é uma corrida. A comparação de desempenho nesse momento pode afetar a confiança do vestibulando e desconcentrá-lo. Os alunos devem focar na prova e no tempo estabelecido para a entrega das respostas, evitando comparações com os demais vestibulandos.

6 – Respire fundo, concentre-se e medite!

Chegou o momento tão esperado: a hora da prova e é normal que o estudante sinta algum tipo de ansiedade. Já pensou em driblar o nervosismo no dia da prova com técnicas de meditação? No dia do exame, logo que acordar, experimente meditar por alguns minutos, concentrando-se na respiração. Meditar ajuda na oxigenação do cérebro e na manutenção da concentração.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta