O Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) realizou a apreensão de 63 pacotes de pasta base de cocaína e três invólucros contendo substância análoga a cloridrato de cocaína, que estavam escondidos em um compartimento de um veículo. O caso ocorreu no início da noite deste sábado (13.11), em Conquista D’Oeste (538 km de Cuiabá), e duas pessoas foram presas.

Durante patrulhamento na área rural do município, os operadores de fronteira avistaram um veículo Ford Ranger, de cor cinza, em que o motorista parecia estar em atitude suspeita. Ao dar o comando de parada, o condutor não obedeceu, sendo necessário que a viatura acompanhasse até a total parada do veículo.

O motorista perdeu o controle da caminhonete e acabou saindo da estrada, conseguindo fugir para uma região de mata. Logo em seguida, os policiais abordaram um veículo Renault Oroch, de cor branca e fizeram a busca veicular, quando encontraram a droga escondida no compartimento oculto – popularmente conhecido como “mocó”.

Aos policiais, os dois suspeitos disseram que receberiam R$ 6 mil pelo transporte da droga e que o veículo Ford Ranger estaria atuando como “batedor” para eles. Ao todo, foram apreendidos 62,800 quilos de pasta base e 1,690 de cloridrato de cocaína, totalizando 64,490 quilos de entorpecentes.

Os dois suspeitos, a droga e os dois veículos foram levados para a Delegacia Especial de Fronteira (Defron), em Cáceres. O prejuízo ao crime está avaliado em R$ 1,375 milhão.

Via | PMMT
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta