A crise do abastecimento de água se agravou em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá. O abastecimento será feito em apenas dois dias na cidade. De acordo com a Defesa Civil do município, caminhões pipa serão contratados para levar água do Rio Sepotuba para tratamento na Estação de Tratamento de Água (ETA).

O diretor do Samae, Heliton Oliveira, disse que a concessionária vai mudar o racionamento da água para duas vezes na semana de acordo com o que está no cronograma.

“Quem recebe água na segunda, quarta e sexta-feira vai passar a receber apenas na segunda-feira. Quem recebe água na terça, quinta e sábado passar a receber apenas na terça e no sábado. Então passará a ser a distribuição duas vezes por semana conforme a nossa disponibilidade”, explica.

Heliton afirma que em alguns lugares há dificuldade de abastecimento e nesses casos será necessário levar água de caminhão pipa, conforme a necessidade das pessoas.

“Aqueles que tiverem a necessidade de buscar água para colocar nos seus reservatórios podem procurar, assim como já tem feito, no poço da Vila Alta. Lá tem a disponibilidade para fazer o abastecimento. Caso nosso poço lá não seja suficiente, temos outro que vai nos auxiliar nessa distribuição”, afirma o diretor.

A Defesa Civil Nacional liberou R$ 432 mil para o município para caminhões-pipa levarem a água do Rio Sepotuba para a estação de tratamento.

“Vamos utilizar esse recurso junto com a Defesa Civil para contratação desses caminhões para fazer o transporte dessa agua, lembrando que o transporte dessa agua é para amenizar a situação”, afirma.

O coordenador da Defesa Civil do município, Alex Ruiz, explica que o órgão vai fazer o levantamento e está esperando a resposta de uma transportadora pra saber a quantidade de veículos para fazer o transporte da água e a logística já está sendo viabilizada.

Via | G1
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta