Segundo pesquisa do IBGE, famílias brasileiras chegam a comprometer 30% do orçamento com remédios. Fazer parte de Programas de Desconto é uma alternativa, que chega a 80% de redução no valor dos medicamentos

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os gastos mensais com medicamento comprometem 30% da renda familiar. Dessa forma e ainda vivendo uma incerteza econômica, impactada pela pandemia, a redução dos custos com medicamentos pode equilibrar, ou ao menos aliviar, o orçamento familiar.

Isso porque, os consumidores que dependem de medicamentos de uso contínuo têm sentido no bolso o aumento de até 10,08% nos preços dos remédios, autorizado pelo governo em abril deste ano. Este é o maior reajuste desde 2016 e representa o dobro do praticado no ano passado.

Considerando esse cenário, pesquisas realizadas pelo Instituto Febrafar de Pesquisa e Educação Continuada (IFEPEC) e dicas do PROTESTE – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor ensinam o que fazer para economizar na compra de medicamentos. Confira!

Compare preços: Essa dica é antiga e pode parecer batida, mas continua sendo sempre válida! Pesquise preços em várias farmácias, até mesmo aquelas que estão no mesmo bairro podem sofrer uma grande diferença de valores. Na internet, busque também por sites que comparam preços de diversas drogarias como o Consulta Remédios e o Cliquefarma.

Opte por genéricos: Pergunte ao seu médico se o farmacêutico pode verificar a opção de o tratamento ser com medicamentos genéricos. Eles foram aprovados pela Anvisa por serem seguros e eficazes e, em geral, custam menos que os de referência.

Solicite a quantidade exata: Peça a quantidade exata ou a mais próxima para os dias de tratamento que você precisa. Assim você evita gastos desnecessários e faz uso consciente da medicação sem causar desperdícios.

Cadastre-se nos laboratórios: Procure pelos programas de descontos dos laboratórios, pois eles oferecem grandes descontos, de acordo com cada produto ou medicamento. Para isso, é preciso se cadastrar no site do laboratório, informando nome completo, CPF e outros dados pessoais. Caso faça uso recorrente de algum medicamento, vale conferir se esse tipo de desconto está disponível!

Busque por programas de descontos: Programas conveniados às drogarias e laboratórios oferecem descontos variados em diferentes produtos. A epharma, por exemplo, é uma plataforma que oferece gestão de programas para as empresas e descontos em medicamentos e diversos produtos de consumo oferecidos pela indústria, sendo a pioneira em PBM (programa de benefício em medicamentos) e das mais conhecidas em todo o Brasil.

A companhia atua em parceria com dezenas de gestores de RH de empresas que contratam o benefício para os seus colaboradores, além de mais de 30 mil farmácias e operadoras de saúde nacionais e regionais que oferecem descontos em medicamentos que chegam a 80% ou R$ 150 por mês, de acordo com cada programa contratado.

Em 2020, os 30 milhões de brasileiros beneficiados pela epharma chegaram a economizar 750 milhões de reais. Em 2021, a expectativa é economizar 1 bilhão de reais. Para conferir se o benefício está disponível para você, acione o RH da sua empresa ou baixe o app, disponível em iOS e Android.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta