A filiação do presidente Jair Bolsonaro no Partido Liberal (PL) vai dar uma oxigenada no partido em Mato Grosso e reforçar os nomes para a disputa proporcional no próximo ano. Na região do Chapadão do Parecis, o PL já trabalha para eleger dois deputados estaduais e um federal. A intenção é unir as lideranças dos municípios de Campo Novo do Parecis, Sapezal, Campos de Júlio, Comodoro e Brasnorte, que juntos representam mais de 80 mil eleitores, para eleger representantes da região.

O presidente do PL de Sapezal, Vanderlei Bianchi, revela que uma das apostas do partido na região é a pré-candidatura a deputada estadual da primeira-dama de Campo Novo do Parecis, Preta Casagrande. “Precisamos deixar a vaidade de lado e unirmos em torno de candidaturas viáveis, que efetivamente representam a região Chapadão. Talvez seja a única região de Mato Grosso que nunca teve um representante na Assembleia Legislativa. Unidos temos chances de eleger mais um deputado na eleição de 2022”, destaca o dirigente partidário.

Bianchi aguarda a filiação de Bolsonaro no PL, marcada para o próximo dia 22, para oficializar o convite para Preta Casagrande e outras lideranças da região.

Via | Assessoria  Foto: Preta Casagrande e Bianchi
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta