Um passeio terminou em tragédia na tarde de quarta-feira (10) na área rural do Poço Azul, em Brazlândia, no Distrito Federal. O auxiliar de cozinha Rafael de Santana, 39 anos, morreu após cair de uma altura de quase 30 metros em uma cachoeira da região.

Segundo apuração da Polícia Civil do DF, por volta das 14h40 Rafael tentou fazer uma selfie na cachoeira, mas escorregou nas pedras e foi arrastado pela correnteza. Com isso, acabou batendo em outras pedras na corredeira.

O corpo da vítima foi localizado pelo Corpo de Bombeiros Militar do DF embaixo da queda-d’água. Durante o resgate, os bombeiros constataram que o rapaz tinha lesões na cabeça.

Os militares ainda tentaram reanimar Rafael, mas ele morreu no local. O Instituto Médico-Legal (IML) recolheu o corpo e a 18ª Delegacia de Polícia (Brazlândia) investiga o caso.

Via | R7
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta