A produção de leite e carne pode se tornar mais cara em regiões de interesse para a bovinocultura, sem a presença de besouros rola bosta. E a culpa é das mudanças climáticas. É o que mostra o estudo “Effects of climate change on the distribution of key native dung beetles in South American grasslands”, publicado na revista Agronomy (https://www.mdpi.com/2073-4395/11/10/2033)

Os besouros rola-bosta são espécies que prestam o serviço ecológico de remover e enterrar o esterco do gado, auxiliando na degradação e desagregação do mesmo nas pastagens. Na falta disso, as pastagens perdem em área de forrageamento e o esterco acumulado se torna lugar propício para a reprodução de parasitas gastrointestinais e hematófagos do gado. Tudo isso acarreta no aumento dos custos com produtos veterinários e exigindo reformas da pastagem em intervalos menores de tempo.

O estudo, desenvolvido por pesquisadores da UFMT, demonstra que as mudanças climáticas tendem a reduzir a área propícia para a vida de quatro espécies-chave de besouros rola-bosta e, principalmente, afastá-los da região centro-oeste e norte do Brasil.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)