O décimo mês do ano começa animado para os cinéfilos da cidade. Buscando democratizar a difusão da produção audiovisual, a Secretaria Municipal de Cultura (Secult) proporciona, tanto aos amantes da sétima arte quanto ao público em geral, no dia 02 de outubro, a partir das 18h30, no Casario, a I Mostra de Curtas de Rondonópolis. Com entrada franca, o festival vai exibir filmes de produtores e diretores locais.

Recebendo inscrições dos cineastas até 26 de setembro, a Secult disponibiliza o link https://forms.gle/k1cqGfJ7dLSz1Er28 para quem quiser participar do processo. As películas devem ter, no máximo, 25 minutos e vão passar por avaliação de uma equipe de profissionais da arte que, por meio da observação critérios estéticos, farão a seleção.

“Queremos divulgar as produções locais e possibilitar intercâmbio entre elas, além de discutir o mercado, os meios e as estratégias para a distribuição do trabalho audiovisual e a formação de plateia para o cinema brasileiro”, compartilha o gerente da Divisão de Eventos Culturais da Secult, Marcelo Valença. Para esse debate, o encontro vai contar com uma roda de conversa entre o secretário de Cultura, Pedro Augusto Araújo, profissionais do cinema e o público presente.

Marcelo frisa que o cinema é um segmento artístico que ainda não está tão em evidência na cidade e que a intenção da Pasta da Cultura é justamente promover a aproximação com aqueles que se dedicam a esta forma das artes visuais.

Outra atração do evento vai ser a apresentação do uniforme da Banda Municipal de Rondonópolis (Bamur). “É a banda oficial do município de Rondonópolis e a vestimenta terá o brasão da Prefeitura. Ela tem uma formação bem eclética, incluindo trabalhadores de várias áreas, jovens e adultos, homens e mulheres, totalizando 35 integrantes. E tem como regente o maestro Wagner Linhares”, comenta o gerente.

Trompete, saxofone, trombone, flauta, eufônio e clarineta, entre outros instrumentos, compõem a orquestra que vai oferecer aos espectadores um repertório com cerca de 15 execuções. “A banda tem a função de resgatar, ensinar, difundir e preservar a música instrumental mediante atividades que permitam o desenvolvimento musical, a capacitação e o treinamento dos seus membros. O grupo também pode realizar apresentações em festividades, tanto em Rondonópolis quanto em outros municípios para onde for convidado”, afirma Marcelo.

O Casario fica na Rua Quinze de Novembro 247, Centro.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta