Waldeci e Leonor foram cassados em primeira instância, em fevereiro deste ano, por abuso de poder econômico e compra de votos.

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) anulou, por unanimidade, a cassação do prefeito de Guiratinga, Waldeci Barga Rosa, e da vice-prefeitra Leonor Fátima Martini, ambos do partido Democratas, nesta quarta-feira (15).

Waldeci e Leonor foram cassados em primeira instância, em fevereiro deste ano, por abuso de poder econômico e compra de votos durante as eleições de 2020.

Além da cassação, o magistrado havia determinado a inelegibilidade pelo período de oito anos.

A defesa deles entrou com recurso no TRE e, nesta quarta-feira, os desembargadores mantiveram os políticos nos cargos, porque não houve comprovação dos crimes.

Com isso, os diplomas do prefeito e da vice foram restituidos.

Via | G1
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta