A partir desta sexta-feira (27), os estabelecimentos comerciais noturnos de Rondonópolis estarão autorizados a funcionar até a meia-noite e a abertura do Shopping Center aos domingos. O novo horário de funcionamento noturno de bares, restaurantes e shopping center foi definido durante reunião do Comitê de Crise realizada na noite desta quinta-feira (26), na sala de reuniões.

“A extensão foi possível devido ao avanço da vacinação em Rondonópolis e à melhora nos indicadores da pandemia,  resultado do trabalho enfático realizado pela nossa Secretaria de Saúde. Atualmente, a cidade está classificada como risco baixo de contaminação e  já aplicou mais de 210 mil doses de vacina contra a Covid-19, entre uma e duas doses”, disse o prefeito.

“Praticamente 100% dos grupos considerados prioritários no Plano Nacional de Imunização (PNI) já  estão imunizados e 80% da sua população adulta já recebeu pelo menos uma dose”, completou José Carlos do Pátio.
Além da extensão do horário de funcionamento dos bares e restaurantes até meia-noite, o Comitê também definiu que o  “horário de restrição” de circulação nas ruas passa a ser a partir  de 1h  e vai até às 5h.

Outra decisão do comitê foi a definição da obrigatoriedade de uma espécie de  “passaporte da vacina” (carteira de vacinação) para entrar em estabelecimentos comerciais.  A medida visa incentivar quem ainda não tomou a vacina contra a Covid-19 a se imunizar contra a doença. Conforme proposto pelo comitê, o “passaporte da vacina” no comércio local deve começar a funcionar já a partir  deste sábado (28).

Com isso, será obrigatório a apresentação do comprovante de vacinação com pelo menos a primeira dose da vacina, acompanhado de um documento com foto. Se o estabelecimento estiver com pessoas sem vacina ou que tenham  vencido o prazo para tomar a segunda dose,  e isso for observado pela fiscalização, o mesmo poderá sofrer sanções, como multas ou  até a interdição em caso de reincidência.

“Vamos continuar redobrando a fiscalização. A princípio, deverá estar sendo feita a notificação sobre a necessidade do cumprimento dessa nova medida. Agora, sobre as multas a Câmara de Vereadores irá discutir isso, através de  um projeto de Lei”, explicou o prefeito.

O secretário municipal de Saúde, Vinicius Amoroso,  ponderou sobre a importância do avanço da imunização  em Rondonópolis para que possam ser tomadas de flexibilização de atividades econômicas na cidade. “Os nossos números permitem esta flexibilização. Estamos com quase 80% da nossa população  vacinada com pelo menos uma dose e mais de 210 mil doses aplicadas. O nosso cenário atual permite esta discussão de ampliar o horário de funcionamento do comércio e dos serviços como um todo”,  justificou Vinicius Amoroso.

“Foi analisada a parte técnica por nossa equipe Secretaria de Saúde, o que nos dá segurança  nessa flexibilização do horário do comércio noturno e o estabelecimento de novas regras de funcionamento a partir da publicação desse novo decreto que será publicado mais tardar na sexta-feira”,  observou o secretário.

Porém, ele fez questão de pontuar ainda sobre a necessidade das pessoas manter os protocolos de biossegurança recomendados por especialista para se evitar a proliferação do coronavírus, já que a pandemia não acabou.

“A gente atua conforme o cenário, se os casos voltarem a subir, infelizmente, teremos que tomar medidas mais duras. Por isso, a gente  pede que a população de Rondonópolis se conscientize de que a pandemia não acabou, é uma realidade entre nós. Precisamos nos adaptar ao momento. É isso que estamos fazendo. Tivemos momentos de mais de dificuldades que precisamos ser mais duros e agora temos este novo momento, que nos permite esta maior flexibilização”, finalizou.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 2 visits today)

Deixe uma resposta