De uma receita compartilhada, nasceu Harinas Vilu, empresa genuinamente cuiabana, do ramo alimentício que aos poucos em meio a pandemia, vem expandindo e conquistando o mercado regional com as farofas premium prontas.

Idealizada por Andreia Steell, a marca tem uma proposta diferenciada, onde os produtos levam sal rosa, gordura animal – o que proporciona uma experiência única para o consumidor final.


Endereço da Indústria: Rodovia Helder Candia,22 – Jd Ubirajara[/caption]

Com uma história peculiar, Andreia sempre teve tato para vendas, vendia produtos da fazenda na feira do condomínio onde mora em Cuiabá. Formada em Direito, vivia em meio ao financeiro e departamento pessoal das empresas da família antes de abrir o próprio negócio. Porém a visão falou mais e a levou a buscar seu próprio negócio.

A receita da farofa veio como um presente, conta Andréia, mas claro que tem o toque especial da empreendedora que agregou ainda mais valor ao produto e hoje possui textura, aroma e sabor crocante sem igual.

Como todo empreendedor, antes de expandir, testou o produto com amigos e professores das filhas, onde devido o grande sucesso, deu um passo adiante e resolveu investir e há dois anos abriu a empresa.

Veio a pandemia

Depois de montar a estrutura e contratar funcionários, a empresa sofreu seu primeiro baque com apenas alguns dias de funcionamento: o início da pandemia de Covid-19, em 2020.

“Eu falei ‘o que eu vou fazer com os funcionários que eu contratei? Todo mundo confiou em mim, mãe e pai de família…’”, diz a empreendedora.

A pandemia afetou também o fornecedor de embalagens, que não pôde entregar por falta de matéria-prima. O jeito foi adaptar com embalagens transparentes e etiquetas para que assim pudesse oferecer no comércio local. Com uma marca recém-criada, embalagens improvisadas e a correria da pandemia, introduzir a Harinas Vilu no mercado não foi fácil.

“Não tínhamos acesso a supermercados porque ninguém aceitava aquele tipo de embalagem. Alguns mercados menores nos bairros e açougues abriram as portas para a gente”, conta Andreia.

Depois de mais de um ano de pandemia e de empresa em funcionamento, as dificuldades não impediram Andreia de persistir no negócio e de expandir o leque da Harinas Vilu.

Geradora de emprego

Atualmente a empresa emprega cerca de dez funcionários .[/caption]

Atualmente a empresa emprega cerca de dez funcionários e usa em sua maioria, ingredientes provenientes da agricultura familiar e de pequenos produtores regionais. O primeiro produto da marca a conquistar o mercado foi a farofa de alho tradicional; em seguida veio a farofa de apimentada, que leva pimenta dedo de moça desidratada. Ambas fazem parte da linha Premium da marca, com ingredientes selecionados e embalagem especial com dupla camada, que preserva mais o sabor e a durabilidade da farofa, por levar a gordura animal, o produto não pode ter contato com a luz, pois perde seus diferenciais textura, corânica e aroma e claro o sabor.

A marca tem uma linha completa, com valor mais acessível e sem produtos de origem animal, já que leva o óleo vegetal no lugar da gordura animal. Hoje a linha vende à granel para restaurantes. A expansão do catálogo veio com a comercialização de algumas das matérias-primas das farofas – como a farinha de mandioca flocada e o alho laminado desidratado – e produtos in natura, como alho descascado e cebola fatiada, também voltada para estabelecimentos. A Harinas Vilu ainda prepara o lançamento da linha própria de temperos.
Para quem quiser conhecer a marca mais de perto e saber mais sobre seus produtos pode acessar o perfil oficial no Instagram @harinasvilu

Endereço da Indústria: Rodovia Helder Candia,22 – Jd Ubirajara
Site – www.harinasvilu.com.br
Email: andreiasteell@harinasvilu.com.br
Contato: (65) 99904-2021 e (65) 99614-2587

Rede Social : https://instagram.com/harinasvilu?utm_medium=copy_link

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta