fbpx

Lamborguno de Rondonópolis é destaque em campanha da Petrobras

No filme, os principais diferenciais dos Postos Petrobras continuam sendo destacados pelo típico jeito brasileiro de enfatizar o que acredita: a repetição.

E, desta vez, Galvão Bueno se encarrega da locução.

Na campanha, em uma das peças, o mecânico Edimar Goulart que transformou sozinho, em sua oficina, seu carro popular 1.0 em um esportivo de luxo, apelidando-o carinhosamente de “Lamborguno”.

Edimar, morador de Rondonópolis, sonha ser dono de um Lamborghini desde criança.

Sem dinheiro para comprar o carro original, que novo custa alguns milhões de reais, ele apelou para a criatividade e começou a transformar seu Fiat Mille 2003, que hoje se tornou o “LamborgUno”.

Conheça a história do Lamborguno

Edimar, sem dinheiro para comprar o carro original, que novo custa alguns milhões de reais, apelou para a criatividade e começou a transformar seu Fiat Mille 2003.

O visual ficou parecido com o do Aventador, o modelo mais caro da marca italiana, e a réplica é surpreendentemente fiel às proporções do carro original – equipado com propulsor 6.5 V12 de 740 cv na configuração padrão.

“Sempre fui fã de carros esportivos. Quando comprei o Mille, achei o visual muito quadrado. Decidi construir aerofólio e spoiler usando as ferramentas disponíveis, pois na época trabalhava como pedreiro”, conta ele em uma entrevista para Uol.

O que inicialmente seria apenas uma customização caseira acabou crescendo: o rapaz decidiu alterar toda a carroceria, deixando-a mais baixa e chamativa. As primeiras peças do “LamborgUno” foram feitas com massa plástica, isopor e cantoneiras de metal.

Com o passar do tempo, a construção foi aprimorada.

“Quebrava muito fácil. Então comecei a refazer a carroceria com estrutura metálica de aço, soldada ao chassi. A superfície também foi refeita com chapas de aço, complementada com fibra de vidro”, relata.

Siga o Edimar no Instagram e conheça mais um pouco de sua história:

Via | Redação com informações Uol e Propmark
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta