Um pedestre morreu atropelado na noite desta quarta-feira (2) por um carro dentro de um posto de combustível no Centro de Sinop.

Segundo a Polícia Militar, o motorista que o atropelou estava em uma Pajero Sport. Ele estava com sinais de embriaguez e não tinha carteira de habilitação.

Eduardo Florencio de Lima, de 36 anos, ainda foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu e morreu no local do acidente. Ele era vendedor em uma loja de artigos esportivos.

O motorista, de 18 anos, foi preso pela Polícia Civil.

De acordo com a PM, o atropelamento ocorreu no pátio do posto. O motorista perdeu o controle do veículo, atropelou Eduardo, atingiu uma mureta de vidro da conveniência do posto e só parou depois que bateu em uma das bombas de combustível.

Um outro carro, Gol, que estava sendo abastecido, foi atingido pela bomba que caiu em cima do automóvel.

À PM, o jovem motorista explicou que tentou estacionar e perdeu o controle do veículo. Ele confessou que não tinha carteira de habilitação e afirmou que havia ingerido bebida alcoólica.

Ao passar pelo teste do bafômetro, o aparelho acusou a presença de 0,36 mg/L no sangue.

A Polícia Civil foi chamada e fez a prisão do motorista. Peritos também estiveram no local do acidente.

Via | G1
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta