Uma equipe do Batalhão de Proteção Ambiental descobriu um garimpo ilegal em pleno funcionamento na cidade de Aripuanã, a 976 km de Cuiabá. A multa aplicada chegou a R$ 2,5 milhões. A ação faz parte da Operação Arco Norte, que começou dia 25 de maio e segue até 07 de junho.

Na área localizada na zona rural da cidade conhecida como Baixão da Serra, os maquinários trabalhavam normalmente na extração do minério.

Um homem de 42 anos apresentou como proprietário do empreendimento. Questionado se teria licença ou autorização para o funcionamento do garimpo, respondeu que não.

Em consulta na base de sistema da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) a propriedade constou no Cadastro Ambiental Rural (CAR), no nome de uma mulher.

Na ação, foram apreendidos seis tratores escavadeira hidráulica, um trator pá carregadeira e 14 motores bomba estacionários, sendo três deles no local.

Conforme toda irregularidade encontrada, foram emitidos cinco autos de inspeção, cinco autos de infração, nove termos de apreensão, 11 temos de depósito, um termo de inutilização, além da multa.

Via | G1
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta