A Prefeitura de Várzea Grande inicia a vacinação dos profissionais da Educação Pública e Privada a partir deste sábado, 29 de maio, em total de 7.809 que ainda não receberam suas doses.

São 3.016 profissionais da Rede Pública Municipal; 2.379 profissionais do Estado de Mato Grosso; 178 de instituições de ensino federal como a Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT e do Instituto Federal de Mato Grosso – IFMT; 2.143 de unidades escolares particulares e 93 de Unidades Filantrópicas.

Reunião entre os secretários de Saúde, Gonçalo Barros e de Educação, Silvio Fidélis traçou as estratégias para vacinar o quanto antes os profissionais da Educação e quais as medidas de segurança a serem adotadas para evitar que pessoas inescrupulosas tentem burlar o sistema do Plano Nacional de Imunização – PNI e suas exigências e peculiaridades.

Para o prefeito Kalil Baracat, Várzea Grande não está avançando mais na vacinação, porque as autoridades federais não disponibilizam vacinas na mesma velocidade daquelas doses já aplicadas e a tese de aplicar todas vacinas como primeira dose, já se demonstrou ineficientes e arriscada diante do quadro e da necessidade duas doses para imunização geral das pessoas.

“Estamos dando um enorme passo em prol do ensino e dos profissionais da Educação e queremos avançar ainda mais imunizando também aos alunos acima de 18 anos, já que o Plano Nacional de Imunização – PNI do Ministério da Saúde prevê vacinação somente para este público juvenil e não para crianças e adolescentes”, disse Kalil Baracat.

Prefeito da segunda maior cidade de Mato Grosso, apontou que vê com preocupação a politização em torno da pandemia da COVID 19 e assegurou que a angústia da população reside, justamente no fato de ser a vacina uma das poucas ou quase restritas opções para se enfrentar a COVID 19.

“Temos tratamentos, exames e medicamentos que tem apresentado resultados e até um certo número de recuperados, mas a esperança reside mesmo na vacinação e não será discutindo e criando dificuldades que conseguiremos reverter o quadro hoje descompensado no que diz respeito ao enfrentamento das adversidades”, esclareceu Kalil Baracat para quem a necessidade maior hoje é atender aos anseios da população para depois pensar nas consequências econômicas advindas da pandemia da COVID 19 e quais as medidas a serem adotadas.

“Se já tivéssemos 50% da população vacinada, talvez o quadro diante de uma possível terceira onda não fosse de tanto temor”, disse o prefeito assinalando que não terá dificuldades nenhuma em adotar medidas endurecedoras caso o número de casos volte a atingir patamares de descontrole.

O secretário de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo Barros sinalizou que o planejamento executado por eles coloca a cidade em destaque pelo fato de cumprir com o cronograma do Plano Nacional de Imunização – PNI do Ministério da Saúde e não se admite nenhum desvio de rota.

“Estamos cumprindo à risca porque o interesse do prefeito Kalil Baracat é imunizar a todos, pois entendemos que o direito a vacina é de todos indistintamente e somente assim teremos como enfrentar a pandemia e a COVID 19”, assinalou Gonçalo Botelho.

Já para o secretário de Educação de Várzea Grande, Silvio Fidélis, a decisão de vacinar os profissionais da Educação desde janeiro quando começaram a chegas as primeiras vacinas deste ano, sempre esteve em pauta com o prefeito Kalil Baracat e agora vai se tornar realidade.

“Trabalhamos de forma incessante para que a população escolar esteja imunizada e a vida normal nas unidades escolares públicas e privadas esteja a pleno vapor, pois educação liberta, ensino faz com que as pessoas se tornem melhores e o prefeito Kalil Baracat tem a exata dimensão e da importância da Educação para Várzea Grande e para o engrandecimento de sua gente” sinalizou Silvio Fidélis.

Gonçalo Barros lembrou para as pessoas que realizarem o pré-cadastro se atentem para o fato de em até três dias úteis voltarem ao site www.varzeagrande.mt.gov.br na aba IMUNIZAÇÃO VÁRZEA GRANDE, através do CPF confirmarem sua inscrição com a data, horário e local de vacinação e irem a vacinação, porque nos últimos dias tem aumentado o número de ausentes que deixaram de ir vacinar ou não confirmaram sua inscrição.

Vacinados e não vacinados no município de Várzea Grande

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta