Com o objetivo de torná-los cidadãos conscientes, formação foca no desenvolvimento de competências e habilidades socioemocionais

Cada vez mais a educação moderna valoriza e foca nas habilidades socioemocionais e no desenvolvimento do pensamento crítico. Para formar futuros agentes de transformação do nosso País e desenvolver conhecimentos e habilidades de jovens estudantes para a criação de soluções inovadoras, a Escola de Impacto abre inscrições para novas turmas do curso, que podem ser realizadas até o dia 22 de maio pelo site .

A Escola de Impacto tem o objetivo de transformar jovens de 14 a 19 anos em cidadãos conscientes e atuantes, por meio do desenvolvimento de competências e habilidades socioemocionais voltadas para o impacto socioambiental. O curso é online, tem duração de dois anos e os encontros quinzenais acontecem por meio de aulas e mentorias para apresentação, estudos e aprofundamento dos temas.

No primeiro ano, os estudantes são separados por idades e têm aulas de temas como sustentabilidade, direitos humanos, educação política, inclusão e desigualdade social, racismo, cultura de doação e filantropia, neurociência e preconceito, pessoa com deficiência, cultura ESG – assuntos relevantes no contexto atual, importantes para a vida em coletividade e para a criação de projetos de impacto que busquem transformar o mundo em um lugar melhor, com mais empatia, justiça e diversidade. Eles serão mentorados por especialistas, como Abílio e Geyze Diniz, Elie Horn, Celso Athayde, Edu Lyra, Caroline Celico, Rony Meisler, Priscila Cruz, dentre outros.

Durante o segundo ano, os alunos participam de um laboratório de inovação e criatividade tendo o Design Thinking (conjunto de métodos, ferramentas e técnicas que orienta a pensar e criar soluções baseadas nas necessidades, desejos, problemas e anseios), como metodologia principal para o desenvolvimento de projetos de impacto nas áreas social e/ou ambiental.

“Para poder formar a próxima geração de agentes de transformação do Brasil, a Escola de Impacto contará com o apoio de empresas que acreditam num futuro mais justo, responsável e sustentável para nosso país. Durante o curso, os alunos terão mentorias e palestras com nomes relevantes em diversos setores – uma oportunidade única de conhecimento e troca de aprendizados. Nosso objetivo é desenvolver cidadãos responsáveis, inspirados e habilitados para transformar o futuro da sociedade”, diz Vanessa Destéfani, diretora da Escola de Impacto.

Em apenas 9 meses de lançamento, a Escola de Impacto já conta com 300 alunos, incluindo jovens com deficiência, das redes privada e pública de ensino. “Acreditamos que a diversidade e a representatividade são elementos essenciais para a construção de projetos de impacto que transformam o mundo”, completa.

Sobre a Escola de Impacto

Lançada em setembro de 2020, a Escola de Impacto tem o objetivo de plantar a semente da responsabilidade socioambiental em jovens. O curso de desenvolvimento de competências e habilidades em responsabilidade socioambiental traz conhecimentos teóricos e práticos. Com duração de dois anos, divididos em habilidades socioemocionais e habilidades e competências em inovação, empreendedorismo e criatividade.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta