Genivaldo da Silva Leopoldo, de 40 anos, morreu após se jogar da cachoeira Salto das Andorinhas, que tem mais de 100 metros de altura, na cidade de Aripuanã (a 948 km de Cuiabá). O caso aconteceu nesta quinta-feira (29).

Equipes do Corpo de Bombeiros da cidade de Juína precisaram ser acionadas para resgatar o corpo da vítima, já na parte de baixo da queda d’agua.

Conforme informações iniciais da imprensa local, familiares disseram que o homem pegou uma moto por volta das 10h e saiu, afirmando que iria pular da cachoeira. Uma irmã foi atrás e confirmou a tragédia.

Turistas disseram que Genivaldo estacionou a moto perto deles, subiu no muro de contensão e se jogou no abismo.

A Polícia Militar foi acionada, além da Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. O local é de difícil acesso e o rio passa pelo período de cheia. O caso é investigado.

Em fevereiro, Genivaldo já havia filmado a cachoeira e postado em seu Facebook. Ele, no entanto, não escreveu nenhuma legenda.

Peça ajuda

CVV (Centro de Valorização da Vida) tem realizado em Cuiabá, todas as quintas-feiras, reuniões com sobreviventes ao suicídio e seus familiares. Assim como parentes de pessoas que se mataram.

Também passaram a serem gratuitas as ligações feitas ao número 188, canal de atendimento 24 horas.

Mais de um milhão de atendimentos anuais são realizados por 2.000 voluntários pelo telefone 188, pessoalmente (nos 80 postos de atendimento) ou pelo www.cvv.org.br via chat, Skype e e-mail.

Via | RMT
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta