A personal trainer Helen Christy Carvalho Dias, de 41 anos, faleceu na noite deste domingo (25) após sofrer uma parada cardíaca em sua residência, em Cuiabá. Ela trabalhava na academia Body Tech, no Shopping Goiabeiras.

Helen era casada com o coronel da reserva da Polícia Militar e ex-secretário da Casa Militar, Evandro Lesco. Informações obtidas dão conta que a profissional passou mal em sua residência.

O pai dela e o marido fizeram uma reanimação e a levaram para um hospital particular, onde faleceu. Nas redes sociais, Helen tinha cerca de 68,7 mil seguidores somente em seu Instagram.

Em setembro de 2017, a personal chegou a ser presa suspeita de tentar atrapalhar as investigações do escândalo da grampolândia pantaneira. Além de Helen na época, o desembargador Orlando Perri de Almeida determinou a detenção do seu marido, o coronel Lesco, ex-secretário da Casa Militar, o secretário de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Airton Siqueira e os ex-secretários Rogers Jarbas, de Segurança Pública e Paulo Taques, da Casa Civil.

A personal e outros presos foram soltos somente no dia 31 de outubro de 2017 por decisão do Superior Tribunal de Justiça. O coronel Evandro Lesco confessou sua participação no plano, afirmando que dava ordens ao sargento PM João Ricardo Soler e à mulher dele, Helen Lesco e que determinou a instalação de uma microcâmera na farda do tenente-coronel Costa Soares.

Quando teve a prisão decretada, Helen Lesco foi apontada pelo desembargador Orlando Perri como integrante de um “plano infernal” para prejudicar as investigações. Soares afirma que foi coagido a participar do plano.

Via | Folhamax
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta