Um paciente com Covid-19 saiu de Nova Santa Helena, no norte do estado, para Sinop, a 503 km de Cuiabá, para tentar uma vaga na Unidade de Pronto Atendimento André Maggi, sem autorização da Central de Regulação. O paciente morreu ao chegar na UPA. O caso aconteceu nesse fim de semana.

Um boletim de ocorrência foi registrado por médicos da UPA, já que os profissionais não tinham nem mesmo informações do histórico do paciente e afirmam que ele foi deixado pela equipe que o trouxe já em parada cardíaca.

Dois médicos da UPA, inclusive a diretora da unidade, tentaram reanimar esse paciente por 27 minutos, sem sucesso.

A cunhada da vítima disse a equipe da UPA que a família tentou ir, primeiramente, a um hospital particular, onde conseguiram um leito, mas não havia autorização de nenhum médico e nem da Central de Regulação Estadual.

A suspeita é de que a família tenha se precipitado ao dizer sobre essa vaga para o médico de Santa Helena, por desespero em conseguir atendimento para esse paciente.

No entanto, nenhum contato havia sido feito previamente com a UPA sobre a ida do paciente.

O caso será investigado.

Via | G1
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta