O presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior, participou, no final da tarde desta sexta-feira (19), da reunião on-line com o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, com representantes do setor produtivo, entidades estaduais e Poder Judiciário para propor medidas de combate ao avanço da Covid-19. A proposta é antecipar os feriados das próximas semanas para reduzir a circulação de pessoas.

De acordo com o presidente da Fecomércio-MT, a medida é positiva, pois favorece o nível de distanciamento social. “A antecipação dos feriados poderá ajudar a frear esse cenário crítico e baixar a curva de contágio da doença. Devido à atual situação emergencial, concordamos com a medida e agradecemos ao governador por ouvir o setor produtivo”, afirmou.

A proposta inicial do governo é decretar feriado do dia 24 ao dia 26 de março (quarta a sexta da próxima semana), e também nos dias 1 e 2 de abril (quinta e sexta) da semana posterior. “Somando com os sábados e domingos, teríamos uma parada de cinco dias em uma semana e quatro na outra. Essa antecipação aumentaria o nível de distanciamento social, o que é fundamental para diminuir o contágio”, explicou o governador.

Indagado pelo presidente da federação sobre a possibilidade dos dias específicos dos feriados serem facultativos, o governador garantiu que isso não ocorrerá. Segundo ele, os feriados antecipados serão definidos no projeto de lei que será encaminhado à Assembleia Legislativa na próxima segunda-feira (22.03).

Durante a reunião, Wenceslau Júnior declarou que a federação juntamente com os sindicatos e as bases patronais continuará colaborando para conter o avanço da doença. “Vamos contribuir no que for possível, mas é importante que o cidadão mato-grossense fique em casa, pois de nada adianta a implementação dessas medidas se as pessoas se aglomerarem em suas residências ou condomínios”, enfatizou.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta