Mais de 24 mil pacientes tiveram cirurgias suspensas em Mato Grosso por causa da pandemia. Segundo dados do Sistema Online de Regulação (Sisreg), da Secretaria de Estado de Saúde (SES), o sistema aponta que há 9.643 pessoas na fila para 563 tipos de cirurgias eletivas somente em Cuiabá.

Já na fila de pacientes do interior, o Sisreg indica que são 14.860 solicitações de moradores referentes a 807 tipos de cirurgias eletivas.

Todas as cirurgias eletivas, que são aquelas agendadas, foram suspensas nos hospitais geridos pelo estado, no dia 18 de março do ano passado, em decorrência da pandemia.

Além de medida protetiva para os pacientes, a decisão precisou ser tomada porque grande parte dos leitos estaduais passaram a atender vítimas da Covid-19.

Apenas os procedimentos tidos como de urgência não foram interrompidos.

Pandemia em Mato Grosso

O governo de Mato Grosso prorrogou as medidas restritivas impostas para conter o avanço da Covid-19 em Mato Grosso. A decisão será publicada no Diário Oficial desta terça-feira (16) e as medidas continuarão válidas até o dia 4 de abril.

Segundo o governo, a prorrogação foi necessária porque o estado ainda registra um alto índice de contaminação e de ocupação de UTIs no estado. Atualmente há 80 pessoas na fila de espera por um leito de UTI.

Mato Grosso registrou nesta segunda-feira (15) 86 mortes em decorrência da Covid-19 nas últimas 24 horas.

Este é o maior número de mortes diárias desde julho do ano passado, quando o estado registrou o primeiro pico da pandemia.

Além disso, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), foram notificados 2.556 novos casos da doença.

Via | G1
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta