Quatro pessoas foram presas em flagrante pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e de munições, nesse sábado (13), em Lucas do Rio Verde, no norte do estado. Ao todo, foram apreendidos R$ 30 mil, além de drogas, armas e munições.

De acordo com a Polícia Civil, as prisões aconteceram durante a operação ‘Libertas’ que tinha por objetivo cumprir mandados judiciais relacionados à investigação sobre a atuação de uma facção criminosa que age no Bairro Téssele Junior ameaçando, coagindo e aterrorizando moradores.

A polícia informou que, durante as investigações, foram identificadas sete pessoas envolvidas em atos de intimidação, coação e ameaças a moradores para que pudessem agir livremente com o tráfico de drogas no bairro.

Segundo o delegado Marcello Maidame, a facção criminosa fez apologias ao crime, com pichações em muros de casas e ameaças aos integrantes das polícias.

A operação contou com a participação da Polícia Militar e Polícia Penal de Lucas do Rio Verde, Ministério Público Estadual e equipes das Delegacias de Nova Mutum e Diamantino, envolvendo um efetivo de 40 profissionais para cumprimento de sete mandados de busca e apreensão decretados pela 4ª Vara Criminal de Lucas do Rio Verde.

Em um dos endereços alvos da operação, os policiais apreenderam quase R$ 13 mil que estavam espalhados em várias partes de um dos cômodos da casa, além de um revólver calibre 38 e munições.

Apurações da Polícia Civil também identificaram que um dos investigados, de 26 anos, com quem foi encontrado o dinheiro, é apontado como líder da facção no bairro e age intimidando moradores que desobedecem às ordens criadas por ele.

Ainda de acordo com a polícia, em outro endereço, onde foi cumprida a ordem judicial de busca e apreensão, as equipes localizaram 23 munições calibre 25, cinco aparelhos celulares e mais de R$ 15 mil em espécie.

O morador da casa, de 22 anos, foi preso e é apontado na investigação como suspeito de ser o contador da facção criminosa e também por outros delitos ocorridos na cidade, tortura, homicídio, tráfico de drogas e roubos.

Outro mandado de busca foi cumprido na casa de um suspeito de 20 anos, com diversas passagens criminais por tráfico de drogas, apontado nas investigações como integrante da facção criminosa e agindo em conjunto com outro suspeito, também preso na operação, na intimidação aos moradores do bairro. Com ele, foram apreendidas porções de drogas, celulares e dois notebooks.

Via | G1
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta