Os vereadores de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, derrubaram o veto da prefeitura sobre a proibição de fiscalização por meio de radares móveis no município. A votação aconteceu nesta terça-feira (9), e teve 19 votos favoráveis e uma abstenção.

Com isso, o projeto que proíbe os equipamentos, de autoria do vereador Rogerinho da Dakar (PSDB), foi mantido.

A aprovação do projeto aconteceu no dia 15 de dezembro de 2020, mas foi vetada pela prefeitura na época.

O projeto propõe manter apenas lombadas eletrônicas elevadas e radares fixos para evitar acidentes, e proíbe a fiscalização por radares móveis na cidade.

Com a derrubada do veto, a proposta voltará para prefeitura e, caso não seja sancionada, pode ser promulgada pelo presidente do Legislativo, o vereador Fábio José Tardin – Fabinho (DEM).

Via | G1
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta