A Secretaria Municipal de Educação de Rondonópolis iniciou nesta segunda-feira (08) a entrega dos kits de atividades escolares remota extraclasse, referentes a quinzena (01.03.2021 a 15.03.2021) para os alunos de rede municipal de ensino conforme exigências do Programa de Atividades Escolares que prevê várias ações nessa modalidade de ensino remoto.

Conforme informações da secretaria esse trabalho pedagógico está sendo acompanhado por equipes de vários departamentos da SEMED, e o Secretário Municipal de Educação, Antônio Rogério Penso, fez questão de acompanhar pessoalmente este trabalho na UMEI – Jéssica Adriana no Jardim Atlântico, onde pôde presenciar a satisfação de algumas crianças ao encontrar seus professores!

Ainda segundo a Semed, esta ação de distribuição das atividades escolares quinzenais, está prevista no Programa de Atividades Escolares da rede municipal de ensino. O conteúdo do programa foi publicado no Diário Oficial – Diorondon, onde consta o cronograma de entrega das atividades escolares para o todo ano letivo de 2021, e caso as aulas retornem de forma presencial, o programa será reformulado.

Os kits entregues foram planejados/elaborados pelos professores das turmas das próprias escolas, sob a orientação do coordenador pedagógico com acompanhamento do diretor escolar, de acordo com a turma/fase que está cursando, e são kits com diversas atividades escolares, onde constam conteúdos a serem trabalhados de acordo com as etapas de ensino (série). Destacando que cada escola fará as entregas para seus alunos/famílias quinzenalmente, bem como o recebimento das atividades para as devidas correções e avaliações.

Ainda conforme a Semed, todos os 21.334 alunos matriculados na rede municipal serão atendidos e receberão seus kits de atividades. O objetivo é desenvolver diferentes e significativas aprendizagens segundo as competências e habilidades previstas para cada etapa (série) e modalidade de realização das atividades remotas.

Ao devolvê-las à escola, os professores farão as devidas correções e intervenções pedagógicas, e o ciclo do ano letivo se efetiva com a continuidade das atividades extraclasse quinzenais, até que se volte a normalidade das atividades com aulas presenciais, quando passar essa pandemia.

Todavia é preciso ressaltar que caberá a unidade escolar elaborar instrumentos de controle da entrega e do recebimento de todas as atividades pedagógicas, bem como do registro e controle das atividades que não foram entregues para que possam tomar as providências necessárias.

O secretário Rogério destacou a importância desse programa, ressaltando: “o Programa de Atividades Escolares da Rede Municipal de Ensino cumpre nesse momento de pandemia o papel de legalizar e organizar o ano letivo de 2021 da nossa rede. E o seu principal objetivo é o de garantir aos nossos estudantes acesso à educação escolar sem perder de vista a qualidade, mesmo em tempos como os que estamos vivendo. Para isso contamos com o empenho e compromisso das nossas equipes gestoras das unidades escolares, professores e demais funcionários”, finalizou.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta