O sonho da casa própria já tem dia e hora para ser realizado para mais 85 famílias rondonpolitanas. Nesta sexta-feira (12), a partir das 8h da manhã, na sede da Secretaria Municipal de Habitação, estas 85 famílias irão assinar os contratos com a CEF (Caixa Econômica Federal) e receber as chaves de casas remanescentes do Residencial Dona Neuma  de Moraes.

O anúncio foi feito pelo prefeito José Carlos do Pátio durante coletiva com a imprensa na tarde desta quinta-feira (11), na sala de reuniões do Palácio da Cidadania. O prefeito estava acompanhado da Secretária Municipal de Habitação, Huani Rodrigues, de uma comissão dos futuros moradores do residencial e de alguns vereadores. Na ocasião, foi feito também um ato simbólico de entrega das chaves.

“Recebemos a confirmação da direção da Caixa que as 85 casas do Dona Neuma que faltavam ser entregues já estão liberadas para receber os moradores. Estamos muito felizes em poder contribuir com a realização do sonho destas famílias na conquista de um lar”, destacou o prefeito.

O valor investido no Neuma de Moraes, que fica localizado na região do Grande Vila Rica, supera a casa dos R$ 17 milhões. Construído com recursos do Programa Minha Casa Minha Vida, o Residencial conta com 470 moradias e infraestrutura básica.

No final do ano passado, foram entregues 385 unidades. Porém, 85 moradias não puderam ser ocupadas, pois constatou-se a necessidade da construção de um muro de arrimo. Desde então, a secretaria municipal de Habitação empenhou-se para  agilizar a conclusão da obras e os processos para entrega das moradias. “Trabalhamos junto à Caixa e à construtora para resolver todos os empecilhos que impediam a conclusão da obra e a realização do sonho destas famílias em ter sua casa própria”, comentou Huani.

Emocionada, Braulina Conceição, que é mãe de quatro filhos e no momento encontra-se desempregada, disse, com lágrimas nos olhos, que a conquista da sonhada casa própria representa mais dignidade para a sua família.

“Estou muito feliz e agradecida a Deus e ao apoio recebido da equipe da Habitação. É o fim de uma longa espera. Eu sempre sonhei em ter uma casa própria, mas achava que nunca ia conseguir”, disse Braulina.”Agora,  eu tenho finalmente. Ter sua casa é ter seu porto seguro, é poder planejar o futuro com mais tranquilidade e ter mais dignidade e segurança para minha família”.

Lotes

Durante a coletiva, o Prefeito Zé Carlos do Pátio destacou  que, além das mais quatro mil apartamento em construção, dos quis 600 já foram sorteados no fim do ano passado, o município prepara um arrojado programa de assentamento urbano, já que há uma grande demanda habitacional na cidade.

“A cidade cresce rapidamente. Só nos últimos quatros anos tivemos o aumento de mais de 23 mil habitantes. Não podemos deixar as famílias de baixa renda reféns do sistema imobiliário. Vamos executar uma política arrojada para facilitar o acesso de muitas famílias de trabalhadores  para sonhada casa própria”, ressaltou José Carlos do Pátio.

Ele anunciou que montou uma força tarefa para garantir agilidade na viabilização de dois loteamentos populares na cidade. Um localizado ao lado do Pedra 90, o Maria Amélia de Araújo, com cerca de 500 lotes; e outro, próximo da área reservada para ser o CPA (Centro Político Administrativo), na região do Grande Conquista, com mais de três mil lotes, que será denominado Alfredo de  Castro II. As duas áreas já foram adquiridas pelo município nos últimos anos.

“Estamos trabalhando para entrar logo com as máquinas para aberturas das ruas, dos lotes e fazer o assentamento de famílias que estão na fila de espera da habitação. Com isso, iremos garantir o direito de muitas famílias de trabalhadores a terem a sua casa própria”, disse Pátio.

Via | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *