Uma grande frente fria avança sobre o Brasil e vai estimular uma forte convergência de umidade sobre o Mato Grosso, Goiás e o Distrito Federal. Estas regiões do Centro-Oeste devem passar alguns dias com muitas áreas de instabilidade, com potencial para vários eventos de chuva forte e volumosa, que vão contribuir para elevação do nível dos rios, reservatórios para abastecimento de água das cidades, mas também para vários transtornos nos centros urbanos.

Tempo seca em MS

No estado de Mato Grosso do Sul, a passagem da frente fria provoca temporais nesta quinta-feira, 4 de fevereiro. Alerta para risco de raios, chuva forte e volumosa, queda de granizo e também rajadas de vento com até 80 km por hora.

Porém, a partir da sexta-feira, e durante o fim de semana, o ar seco de origem polar vai predominar sobre Mato Grosso do Sul. Isso vai reduzir a temperatura e também a disponibilidade de umidade no ar, deixando o estado com pouca nebulosidade e baixa possibilidade de chuva por alguns dias.

Já para Goiás, Mato Grosso e Distrito Federal, o risco de chuva intensa aumenta na sexta-feira e persiste durante todo o primeiro fim de semana de fevereiro. A temperatura também vai baixar um pouco em função basicamente do acesso de nebulosidade da chuva frequente.

Via | Assessoria Climatempo

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta