Em Itiquira, produtores rurais da cadeia produtiva do leite concluíram o treinamento de implantação e manejo de capineiras, na última quinta-feira (28.01). O conhecimento será uma importante ferramenta para garantir alimentação para o gado na época da seca.

Segundo o presidente do Sindicato Rural de Itiquira, Roberto Montagna, como esta é a cadeia produtiva de maior pujança no município, os treinamentos auxiliam os pequenos produtores a melhorar a qualidade do alimento ofertado para o gado. “Temos casos de produtores que quase triplicaram a produção de leite com mesma quantia de animais e sem onerar nada, só porque mudaram o trato do animal e aplicaram o conhecimento”.

Esta turma foi composta majoritariamente por produtores atendidos pela Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), por consistir em uma das etapas do programa. A ATeG é um produto do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) e além de fornecer as consultorias individuais, também realiza capacitação teórica e prática.

Quem solicitou o treinamento foi o técnico de campo credenciado ao Senar-MT, Leonardo Freitas, responsável pela consultoria de 30 produtores rurais de Itiquira. “Muitas propriedades da região não possuem capineira e, na época da seca, falta muito alimento. O curso complementa a nossa orientação e ajuda a melhorar a produtividade”.

Além deste treinamento, estão previstos outros dois sobre ensilagem e inseminação artificial. Para o produtor rural Ari Antônio, o treinamento foi de grande valia. “O curso é de muita importância para a produção leiteira e oriento todos os produtores a fazerem”.

Edivaldo Ferreira da Silva, presidente do Assentamento Santa Ana – onde ocorreu o curso – e produtor atendido pela ATeG, garante que os benefícios são muitos. “A gente teve um aproveitamento de 100%, aprendemos coisas que não sabíamos e só temos a ganhar, tanto nós produtores quanto a comunidade inteira”.

Metodologia – O curso ofertado pelo Senar-MT possui carga horária de 24 horas e é gratuito. No conteúdo programático constam informações teóricas sobre espécies de capineiras como a cana de açúcar, o capim elefante e formas de análise e preparo do solo.

O curso não é exclusivo para produtores assistidos pela ATeG. Os interessados devem procurar o Sindicato Rural de seu município para verificar se há turmas previstas e se há vagas.

Via  Assessoria Senar-MT

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta