A Cadeia Pública de Barra do Garças foi interditada nessa quinta-feira (28) após um dos detentos testar positivo para a Covid-19. Outros 44 presos estão com suspeita da doença e realizaram exames de RT-PCR para a confirmação.

Enquanto aguarda os resultados, a direção da unidade prisional decidiu não receber mais presos no prazo de 15 dias, até que a situação se normalize.

O detento de 25 anos que contraiu a doença havia recém-chegado na unidade e estava isolado.

Ele apresentou sintomas no 3º dia de isolamento e foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município. Realizou o teste que detectou positivo para o vírus, começou a tomar os remédios do kit Covid-19 e segue isolado dos outros dos outros detentos.

Após a confirmação, a direção da unidade entrou em contato com a prefeitura para disponibilizar profissionais da saúde que realizassem os testes de RT-PCR nos outros 44 que estão com sintomas. O diretor da Cadeia Pública, Maicon da Costa Oliveira, afirmou que alguns presos estão com sintomas de gripe.

“Eles estão sendo observados pela equipe de enfermagem. Alguns presos apresentaram alguns sintomas de gripe leve e uma equipe veio avaliar realizando os testes. Estamos esperando a resposta do laboratório, mas mesmo assim estão tomando os remédios e estão isolados”, afirma.

O diretor ainda disse que os familiares serão informados sobre o estado de saúde dos pacientes.

“Caso haja alguma atualização, vou informar a população e aos familiares dos presos, mas a situação está controlada”, afirma.

Enquanto isso, os presos não poderão receber visitar para evitar o contágio da doença.

Via | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta