O Circuito Nelore de Qualidade – edição 2020 quebrou recordes. Após a realização de 33 etapas nos frigoríficos Friboi e Frisa, em 11 estados (AC, BA, ES, GO, MG, MS, MT, PA, RO, SP e TO), o Circuito avaliou 20.591 animais, sendo 17.007 machos e 3.584 fêmeas, apresentados por 229 pecuaristas. O crescimento foi de 27% no número de etapas em relação a 2019 (nesse ano o aumento foi de quase 150% sobre 2018). Quando ao número de animais, o desempenho foi equivalente a 2019, o que é extremamente positivo devido às dificuldades proporcionadas pela pandemia.

A análise dos animais participantes das avaliações mostra que 67,5%  deles foram terminados em confinamento e 32,5%  em pastagens com suplementação. Os machos apresentaram peso médio de 21 arrobas e as fêmeas, 15 arrobas. Além disso, 65% dos machos e 73% das fêmeas tinham até dois dentes incisivos permanentes (cerca de dois anos de idade) e 44% dos machos e 70% das fêmeas apresentaram cobertura de gordura na carcaça mediana ou uniforme.

André Locateli, gerente executivo da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) destaca que, mais do que volume, o Circuito Nelore de Qualidade 2020 comprovou o grau de evolução da raça, evidenciando que o Nelore moderno chega ao ponto de abate cada vez mais jovem, pesado e com a cobertura de gordura demandada pelo mercado.

O Circuito Nelore de Qualidade é realizado desde 1999. Neste ano, a iniciativa da ACNB em prol da melhoria da qualidade das carcaças, inovou com a criação das premiações especiais para machos castrados e para animais terminados em pastagens.

“O Circuito Nelore de Qualidade dá uma tremenda contribuição para o constante desafio de produzir mais e melhor. A genética está na base do aumento da produtividade na pecuária. E a raça Nelore é a base da pecuária brasileira. Esse movimento em prol da qualidade precisa começar pelo Nelore. E a ACNB cumpre o seu papel para fomentar e valorizar a genética Nelore no Brasil”, ressalta Nabih Amin El Aouar, presidente da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil.

O presidente da ACNB lembra que o desafio de promover os abates técnicos ficou ainda maior por conta da pandemia. “No entanto, o empenho dos profissionais dos frigoríficos, da nossa equipe técnica e, especialmente, dos pecuaristas participantes foi fundamental para o sucesso do campeonato de carcaças. Importante ressaltar que seguimos todas as medidas de segurança para os participantes”, destaca.

Confira os vencedores do Circuito Nelore de Qualidade 2020:

Melhor Compra de Boi: Equipe de Originação da Unidade Friboi de Naviraí (MS)

Melhor Lote de Carcaças de Fêmeas: Braz Aristeu de Lima, da Fazenda Santa Amélia – Santa Rita do Pardo (MS)

Melhor Lote de Carcaças de Fêmeas Terminadas em Pastagens: Fazenda Amoreira – Nova Santa Helena (MT)

Melhor Lote de Carcaças de Machos: Sérgio Perzepiorka, da Fazenda Chaparral – Rancharia (SP)

Melhor Lote de Carcaças de Machos Terminados em Pastagens: Jatobá Agricultura e Pecuária S/A, da Fazenda Maracaí – Itaquiraí (MS)

Melhor Lote de Carcaças de Machos Castrados: Jatobá Agricultura e Pecuária S/A, da Fazenda Maracaí – Itaquiraí (MS)

Os vencedores com Medalha de Ouro foram presenteados com três toneladas de suplementos minerais Matsuda Sementes e Nutrição Animal.

Novidade em 2021 – A ACNB criou mais uma premiação especial para o Circuito Nelore de Qualidade 2021. Serão destacados os Melhores Lotes de Carcaças de Machos e de Fêmeas com pais conhecidos. O objetivo é reunir dados de características de carcaças de progênies de reprodutores Nelore e Nelore Mocho, de forma a evidenciar o impacto do uso de genética selecionada na melhoria da eficiência produtiva e da qualidade da carne dos animais.

“Esta é mais uma ação da ACNB em prol dos neloristas. Temos o dever de encontrar ferramentas para que os criadores da raça possam utilizá-las a seu favor e, com isso, produzir animais de melhor qualidade”, explica o presidente da ACNB,

Podem ser inscritos nas etapas de avaliação das carcaças realizadas em diversos estados do país, lotes de animais que tenham, pelo menos, o pai identificado. Os criadores devem informar o pai (ou pai e mãe) dos animais e apresentar alguma forma de comprovação, como escrituração zootécnica ou identificação animal. Durante as etapas, será coletado material biológico dos animais, e o campeão desta premiação especial estará sujeito à comprovação de paternidade por DNA. Podem participar lotes a partir de 18 animais.

Os critérios de avaliação das carcaças dos animais serão os mesmos utilizados para os demais campeonatos e premiações especiais do Circuito.

Para André Bartocci, vice-presidente da ACNB e um dos membros da diretoria responsável pelo Circuito Nelore de Qualidade, a nova premiação será um marco na pecuária brasileira. “Estamos muito empolgados e maduros para fazer isso. A ACNB tem credibilidade, responsabilidade e seriedade. O Circuito é a maior competição de julgamento de carcaças do mundo e nesses quase 20 anos de avaliação no Brasil e em alguns países, percebemos em números a evolução na pecuária”.

O Circuito Nelore de Qualidade é uma iniciativa da ACNB, com apoio da Matsuda Sementes e Nutrição Animal e dos frigoríficos Friboi e Frisa e objetiva fortalecer e promover a genética e a carne da raça, contribuindo para elevar a produtividade da pecuária nacional. A iniciativa avalia resultados obtidos pelos produtores, cada qual em sua realidade e sistema de produção. Trata-se do maior campeonato de avaliação de carcaças de bovinos do mundo.

Contribuíram para a realização do Circuito em 2020 as associações regionais do Nelore dos estados do Acre, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Norte do Brasil, Rondônia, São Paulo e Tocantins.

Via | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *