Segundo a Secretaria de Assistência Social, a equipe que estava no abrigo verificou a situação, mas a criança voltou a dormir.

No domingo, a diretora do abrigo percebeu que a menina estava um pouco quieta demais e então acionou a equipe do hospital. A criança foi internada, mas não resistiu e morreu na mesma noite.

Ainda conforme a Secretaria de Assistência Social,é aguardado o resultado da perícia que é realizada pela Politec pra saber o que causou a morte da menina.

Ela estava no abrigo há 3 anos, chegou a ser adotada temporariamente por uma família, mas em novembro de 2020 havia retornado. A prefeitura afirmou que acompanha o caso e está dando assistência.

Além da menina que faleceu, outras 7 crianças estão abrigadas no local.

Via | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *