O aposentado e ex-superintendente bancário Joazir Bucair, de 83 anos, morreu nesse domingo (3) vítima da Covid-19, em Cuiabá. Ele era de família tradicional cuiabana e membro da Grande Loja Maçônica do estado.

A Prefeitura de Cuiabá lamentou a morte do morador.

Joazir Bucair foi superintendente do Banco Amazônia em Mato Grosso.

Ele estava internado há quatro dias em um hospital da capital em decorrência da Covid-19. Ainda não há informações sobre o sepultamento.

Joazir era irmão de do pesquisador, agrimensor e espeleólogo aposentado Ramis Bucair, que era proprietário de um museu de pedras que leva o nome dele, na capital mato-grossense.

O Museu de Pedra Ramis Bucair, localizado no centro da cidade, tem em seu acervo mais de 4 mil peças arqueológicas, entre pedras preciosas e fósseis encontrados em Mato Grosso. Bucair tinha 78 anos e morreu em 2011.

Via | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *