Um policial militar de 31 anos morreu ao tentar salvar quatro crianças que se afogavam em Itanhaém, no litoral de São Paulo. As informações foram confirmadas ao G1 nesta quarta-feira (30). Segundo o Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar), Diogo Gomes de Melo estava compondo o efetivo da Operação Verão na Baixada Santista.

O policial integrava a 1ª Companhia do 13° BPM/M, localizado na capital paulista. No fim da tarde desta terça-feira (29), ele estava em seu horário de folga, usando trajes civis, desarmado e acompanhado de familiares na Praia do Suarão.

Segundo o GBMar, a esposa do PM relatou à corporação que, em certo momento, o marido entrou no mar para salvar quatro crianças que se afogavam – o filho dela, de 10 anos, e três sobrinhos, de 12. Ele conseguiu alcançar duas, porém, acabou arrastado pela correnteza, e as quatro crianças foram retiradas do mar por banhistas.
Os bombeiros foram acionados às 16h20 por rádio para salvar a vítima, e rapidamente compareceram ao local. A equipe se mobilizou para encontrá-lo, porém, pouco depois, por volta das 17h10, outro setor do GBMar foi acionado para atender à localização de um corpo no mar.

Com a chegada das equipes, foi constatado que tratava-se do policial desaparecido. Assim, foi acionado o suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que encaminhou a vítima à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itanhaém, onde foi confirmado o óbito. O caso foi registrado no 2º DP da cidade.

Via | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *