Delegados da Polícia Civil de Mato Grosso estão entre os melhores profissionais do Brasil, em votação coordenada pelo Portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesa Social. Os profissionais do estado foram eleitos nas categorias Gestão e Investigação.

A publicação criou em 2017 a escolha dos “Melhores Delegados de Polícia do Brasil”, com a finalidade de diferenciar e reconhecer delegados de polícia que se destacarem nas atividades jurídicas, investigativas e de gestão, através da eficiência e qualidade dos serviços prestados.

Na categoria gestão foi eleito o delegado-geral da instituição, Mário Dermeval Aravéchia de Resende, que estará à frente da Polícia Civil de Mato Grosso por mais um biênio.

À frente da direção-geral desde 2019, Mário Dermeval coordenou com a diretoria da Polícia Civil diversos projetos para dinamizar e dar melhor estrutura às atividades policiais, assim como colocar a instituição na vanguarda tecnológica e de investigação. Entre os projetos desenvolvidos com apoio do Governo do Estado têm destaque o Inquérito policial eletrônico, que hoje está 100% digital e integrado ao Processo Judicial Eletrônico do Poder Judiciário.

Outras conquistas para a Polícia Civil são: Modernização do parque tecnológico; Nova identidade visual; Contratação de estagiários de pós-graduação; novas sedes para delegacias no interior e Capital; modernização da gestão de pessoas; criação da Delegacia Especializada de Combate à Corrupção; restruturação da sede da DRE;  convocação de 30 novos delegados do último concurso; novos produtos tecnológicos já implantados e outros em desenvolvimento, entre eles o Sistema de Pessoas Desaparecidas, dashboard de gestão, gerenciamento de ensino, gravação de oitivas, coleta biométrica, medidas protetivas online, entre outros.

Categoria Investigação

Foram eleitos nesta categoria os delegados Wagner Bassi Junior, Luiz Henrique Damasceno, Ana Cristina Feldner e Flávio Stringueta.

Wagner Bassi assumiu recentemente a Delegacia Regional de Cuiabá. Anteriormente, ele atuou como titular da Delegacia Especializada do Adolescente da Capital.

O delegado Luiz Henrique Damasceno compõe atualmente a equipe da Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (Deccor).

O delegado Flávio Stringueta é o titular da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e a delegada Ana Cristina Feldner atua na força-tarefa que apura interceptações telefônicas ilegais.

Conforme o Portal Nacional dos Delegados, a verificação do histórico do profissional é uma forma de valorizar ainda mais seu empenho. Usuários e colaboradores que visitam o portal e suas redes sociais avaliaram delegados que agora fazem parte do ‘hall’ dos Melhores Delegados de Polícia do Brasil deste ano. Foram 2.037 delegados indicados, habilitados e analisados em todo o Brasil.

A metodologia aplicada para seleção tem como base estudos nas mídias sociais, apontamentos de URLs, reputação, repercussão e resultados satisfatórios de serviços, votos coletivos, histórico de atividades positivas, produções funcionais, habilitações e qualificações oriundas de análises curriculares.

Via | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *