Pastor Amilton Rodrigues da Silva, 51, foi morto a tiros na porta de sua casa, no começo da tarde de domingo (27), na cidade de Porto Alegre do Norte (1.125 km ao Noroeste de Cuiabá), por um casal, que confessou o crime motivado por uma rixa envolvendo o pagamento de IPTU de uma casa. Mulher foi presa e o marido dela está foragido.

De acordo com as informações da Polícia Militar, vítima estava em casa quando foi abordado pelo casal e baleado. Ele morreu com um tiro na cabeça e no abdômen. A mulher dele estava lavando roupa e escutou os disparos.

Quando saiu na porta, já o encontrou sem vida. Aos policiais, ela informou que estavam morando há 4 meses na cidade e que não tinham inimizades no local. Porém, na cidade de Confresa, fez a troca de uma casa junto com um homem.

Ou seja, o pastor deu a casa dele em troca de outra residência. Mas, as partes entraram em desacordo. Acontece que a casa que o pastor ficou na troca estava com o IPTU atrasado.

Ele pediu para o colega pagar o imposto e só depois liberaria os documentos da casa que era dele. Mas, diante do desacordo, o casal envolvido no fato decidiu matar o pastor.

Testemunha contou que estava na porta quando um Voyage prata parou no local. Flagrou o momento em que a mulher correu e entrou no veículo, seguido do esposo, que segurava uma arma de fogo.

Polícia fez diligência e encontrou a suspeita em casa. Ela confessou a ação e acabou presa em flagrante. Não há informações se o marido também foi preso.

Via | Gazeta Digital

(Visited 1 times, 2 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *