A própria mulher foi quem acionou a polícia. Ela afirmou que era agredida pelo marido e que agiu em legítima defesa.

Uma policial penal foi detida suspeita de matar o marido a tiros após uma briga entre o casal no Bairro Altos do Cuiabá, na capital, na noite desse sábado (19). A própria mulher foi quem acionou a polícia. Ela afirmou que era agredida pelo marido e que agiu em legítima defesa.

Anaxesandro de Castro Leite, de 47 anos, morreu na hora.

Conforme o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de violência contra a mulher. A caminho do endereço informado, os policiais foram informados que a situação resultou em homicídio.

A suspeita de atirar no marido saiu da casa com o filho e foi para a casa da irmã aguardar a chegada da PM.

De acordo com a Polícia Militar, a mulher estava em ‘estado de choque’. Aos policias, ela contou que há dias era agredida por Anaxesandro e que, por isso, durante outra tentativa de violência doméstica, ela disparou contra ele.

Os militares foram até a casa onde o casal morava e encontrou Anaxesandro já sem vida. A arma usada também foi encontrada no local.

A mulher foi encaminhada à delegacia para prestar esclarecimentos. O filho dela, que é menor de idade, também foi levado na condição de testemunha.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Via | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *