O Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT) destinou cerca de R$ 16 mil para o projeto Equipar, que visa à aquisição de uma brinquedoteca para o Conselho Tutelar de Rondonópolis, Região I, localizado na Rua Poxoréu. Com a destinação, serão adquiridos móveis, livros didáticos e brinquedos.

A coordenadora do Conselho Tutelar de Rondonópolis – Região I, conselheira Josiane Ourives Gentil, explica como a brinquedoteca irá contribuir para melhoria do atendimento do órgão. “Durante os atendimentos realizados com a família, as crianças terão um espaço educativo, dinâmico e seguro para aguardar o momento em que serão ouvidas. Sem essa estrutura, as crianças e adolescentes ficam aguardando na recepção, ociosas e sem atividades interativas”. Ela acrescenta que, com o espaço, “será mais fácil o público-alvo entender que somos protetores do direito das crianças e adolescentes e que não temos o intuito de destruir famílias”.

O valor destinado pelo MPT é decorrente de uma composição extrajudicial para o pagamento de multa aplicada a uma empresa que descumpriu um Termo de Ajuste de Conduta (TAC). Sobre a decisão de beneficiar o Conselho Tutelar, a procuradora do Trabalho Louise Monteiro Gagini esclarece que o MPT busca alternativas para que haja convergência entre suas metas e princípios institucionais, com o intuito de proporcionar, senão uma reparação direta aos trabalhadores lesados, ao menos uma destinação para a realização/efetivação de políticas públicas nas áreas tidas como prioritárias na atuação ministerial.

IC 000101.2005.23.001/0

Fonte | Assessoria MPT-MT

(Visited 1 times, 2 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *