De acordo com o parlamentar, a comunidade local está preocupada, porque a unidade atende mais de 200 alunos e é um dos principais centros de ensino do bairro

O deputado Ulysses Moraes apresentou um requerimento pedindo informações sobre fechamento da Escola Estadual Emanuel Pinheiro da Silva Primo, no bairro Joaquim da Silva, em Nortelândia. Na última semana, a Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc-MT) anunciou a desativação da escola e a partir de então, pais e responsáveis dos alunos, além dos profissionais da educação querem saber os detalhes  de como irá ficar essa situação.

“Tanto os pais quanto os profissionais da educação enviaram essa demanda pra nós. A Escola conta com mais de 10 anos de fundação, tendo formado gerações de alunos, por isso a notícia do fechamento está gerando preocupação na comunidade. No requerimento pedimos todos os detalhes e a Seduc precisa dar respostas concretas sobre isso”, disse Moraes.

A unidade educacional atendia 235 alunos do ciclo fundamental e era um dos principais centros de ensino do bairro, no município de Nortelândia. Em razão disso, o parlamentar quer esclarecimentos sobre o motivo do fechamento e também saber como os profissionais de educação serão realocados, assim como os alunos matriculados.

Segundo os funcionários, a escola recentemente passou por instalação de bancos, televisores, reforma da parte elétrica, fizeram consertos e a ativação do laboratório de informática. E, agora o Governo de Mato Grosso anunciou desligamento.

“Queremos saber ainda como esses pais ou responsáveis dos alunos foram notificados, porque de acordo com eles a escola passou por várias reformas e foi reestruturada nos últimos três anos. A comunidade precisa de respostas. Enviamos o requerimento pedindo mais informações e vamos continuar cobrando por um posicionamento”, finalizou o deputado.

Fonte | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *