O candidato à prefeitura de Rondonópolis, Thiago Muniz (DEM), participou nesta sexta-feira (30) da série de entrevistas promovida pela rádio Centro América. Na oportunidade, o candidato falou sobre as propostas de campanha, e destacou que pretende realizar um concurso público amplo e reabrir o diálogo junto aos servidores.

Nos últimos quatro anos, os servidores do município têm levantado a demanda da revisão do Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos (PCCV), que apresenta ainda problemas, como a progressão de servidores da educação que tem pós-graduação.

Thiago lembrou que participou como vereador da reformulação do PCCV, mas pontuou que ao longo do tempo é necessário fazer revisões, e, caso seja eleito, fará isso em diálogo com os servidores.

“No caso do PCCV nós fizemos uma reformulação, mas é lógico que toda revisão nunca fica perfeita. Tem alguns pontos ainda que precisam ser ajustados, e vamos fazer isso com muito diálogo junto aos servidores”, afirmou o candidato.

Thiago ainda acrescentou a necessidade de fazer concurso público para dar estabilidade para os servidores, e com isso aumentar a arrecadação do Instituto Municipal de Previdência dos Servidores de Rondonópolis (IMPRO) e melhorar a prestação de serviço junto a sociedade.

“Nós queremos fazer o concurso para diminuir cada vez mais os contratos precários e garantir estabilidade aos servidores. O concurso é importante em todas as áreas, pois à medida que a gente faz o concurso, o servidor vai contribuindo com o IMPRO, enquanto o contratado contribui para o INSS e o dinheiro não fica na previdência local”, disse Thiago.

Além dessas ações apresentadas durante entrevista para os servidores públicos, Thiago Muniz pontuará outras propostas durante o debate no Sindicato dos Servidores Municipais (Sispmur), que acontecerá nesta sexta-feira, junto com o resto candidatos.

Outras propostas

Na entrevista à Rádio Centro América, Thiago Muniz também apresentou detalhes de propostas que têm recebido aplausos da comunidade. Entre elas a criação do Auxílio Emergencial Municipal, para famílias em situação de extrema pobreza, e o Restaurante do Comerciário, que vai atender trabalhadores do comércio na área central da cidade.

O candidato também confirmou que pretende realizar um amplo programa de mobilidade, com investimentos para desafogar o trânsito na zona urbana e facilitar o acesso às comunidades rurais. “Vamos, por exemplo, substituir as pontes de madeira por outras de concreto. Isso será feito com recursos do próprio município e também através de uma parceria já discutida com o Governo do Estado”, explicou.

Fonte | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *