Faltando pouco mais de dois meses para o Natal, começou a venda dos tradicionais panetones. Com frutas cristalizadas ou gotas de chocolate, esse pão é sinônimo das celebrações de fim de ano e já chegou às gôndolas do Fort Atacadista em Cuiabá e Várzea Grande.

Para este ano, as maiores e melhores marcas do produto prepararam variadas versões do alimento e pretendem atrair a atenção dos consumidores, que mesmo em ano de pandemia, não devem deixar de degustar uma das maiores tradições natalinas. a

Nas lojas do Fort Atacadista os pães natalinos de grandes marcas, como Bauducco, Visconti e Tommy, ocupam posições de destaque, com preços para todos os bolsos. “É com muita expectativa que começamos a abastecer as prateleiras com os panetones e chocotones, produtos tradicionais, que remetem à alegria e esperança de Natal e Ano Novo”, declara a coordenadora de Marketing Regional do Fort Atacadista, Rafaellen Duarte.

Produtos da Bauducco variam de R$ 5,49 a R$ 35,90, com opções de Chocottone Maxi, recheado de mouse de chocolate, a partir de R$ 19,99. O panetone tradicional da Visconti, de 400 gramas, sai por R$ 13,90, e a versão com trufa de chocolate da marca, a partir de R$ 17,90. O pão de frutas Tommy pode ser encontrado a partir de R$ 9,99. Existem também as produções regionais, boa alternativa para quem adora panetone, mas não está disposto a gastar muito.

Rafaellen aponta que o Fort Atacadista oferece uma ótima experiência de compra, com preços competitivos e variedade de produtos para casa e comércio, com a possibilidade de parcelamento das compras, tanto com cartão de crédito normal, quanto pelo Vuon Card, próprio da rede.

Segundo a Associação Brasileira da Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi), no ano passado, a produção de panetone movimentou R$ 735 milhões entre novembro e janeiro. Para este ano, a associação ainda faz cálculos de como será o desempenho do setor.

Em Cuiabá, as unidades do Fort Atacadista estão presentes nas Avenidas Miguel Sutil e Fernando Corrêa da Costa e, em Várzea Grande, na Avenida da FEB.

Fonte | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *