A ação fez parte de uma série de visitas que a gestão do TRE-MT está realizando nas Zonas Eleitorais nestes dias que antecedem as Eleições Municipais 2020

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) realizou nesta sexta-feira (02.10) sua primeira sessão plenária presidida fora de Cuiabá em toda sua história. Além do presidente do TRE, desembargador Gilberto Giraldelli, outros três juízes membros participaram da sessão no município de Rondonópolis. A ação fez parte de uma série de visitas que a gestão do TRE-MT está realizando nas Zonas Eleitorais nestes dias que antecedem as Eleições Municipais 2020. O objetivo é contribuir com os juízes eleitorais de primeira instância que possuem uma grande demanda para realização dos pleitos municipais.

“Nós estamos viajando o Estado de Mato Grosso, indo até as Zonas Eleitorais e identificando as dificuldades que os magistrados e servidores enfrentam para realizar as eleições municipal e suplementar. Buscamos soluções rápidas para as demandas identificadas, já que os prazos da eleição são muito curtos. Este é um pleito diferente, e quanto mais planejarmos, maior é a chance de eliminarmos os problemas no dia da votação”, destacou Gilberto Giraldelli.

A sessão foi realizada do Fórum de Justiça da Comarca de Rondonópolis. Estavam no município, além do presidente, os juízes-membros, Sebastião Monteiro da Costa Júnior, Jackson Francisco Coleta Coutinho, e Gilberto Lopes Bussiki, e o diretor geral do TRE-MT, Mauro Diogo. Os demais integrantes do Pleno participaram remotamente de Cuiabá.

 “Estamos iniciando este projeto de maior presença dos magistrados do Pleno fora de Cuiabá. Com muito planejamento, é possível conciliar compromissos para que os juízes possam viajar ao Interior do Estado e ouvir as sugestões dos demais juízes eleitorais, ter uma conversa aberta, fora da impessoalidade do processo. Isso certamente ajuda na celeridade da Justiça Eleitoral”, destacou Mauro Diogo.

Sendo o anfitrião da visita de cortesia, o juiz da 10ª Zona Eleitoral de Rondonópolis, Renan Carlos Leão Pereira do Nascimento, falou sobre a sessão. “É uma sessão histórica. Sempre que mencionarem a sessão realizada fora da capital será lembrado que a primeira foi em Rondonópolis. Ter a presença dos juízes do Pleno, da Corregedoria, da Propaganda, é uma oportunidade rara para debatermos as mudanças legislativas deste pleito, os entendimentos sobre assuntos novos, enfim, poder contribuir com a democracia do país”.

Fonte | Assessoria 

Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *