O Governador do Estado, Mauro Mendes, editou novo decreto ampliando o acesso pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso às informações da Administração Pública estadual. A partir de agora, além de ações conjuntas de prevenção e detecção de ilicitudes em atos administrativos, a cooperação abrange também o exercício das demais atividades afetas às áreas de atuação institucional.

O acesso a processos, documentos, objetos, sistemas e quaisquer outros meios, instrumentos e equipamentos, que antes contemplava apenas os promotores da Coordenadoria do Meio Ambiente, da Promotoria de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública e do Núcleo de Probidade Administrativa e do Patrimônio Público, foi ampliado. Agora, também passam a ter acesso às informações o Centro de Apoio Operacional do Conhecimento e Segurança da Informação (CAOP/CSI), Centro de Apoio Operacional (CAOP) e o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco).

O procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira, ressaltou que a cooperação administrativa com o Poder Executivo é resultado do diálogo institucional e fortalecerá ainda mais o combate à corrupção. “A integração das atividades proporcionará o aumento da eficiência e eficácia nas atividades de controle desenvolvidas pelo Ministério Público e pelos órgãos de controle interno do Poder Executivo” afirmou.

Fonte | Assessoria MPMT

Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *