De acordo com a PRF, a apreensão ocorreu durante fiscalização na BR-174, em Pontes e Lacerda, quando a equipe abordou dois caminhões, com dois semirreboques em cada.

PRF apreendeu 1,2 tonelada de cocaína durante fiscalização na BR-174, em Pontes e Lacerda — Foto: Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso
PRF apreendeu 1,2 tonelada de cocaína durante fiscalização na BR-174, em Pontes e Lacerda — Foto: Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso

Na maior apreensão de cloridrato de cocaína realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Mato Grosso, nos últimos 5 anos, aproximadamente 1,2 tonelada do entorpecente foi apreendida nessa terça-feira (1º).

De acordo com a PRF, a apreensão ocorreu durante fiscalização na BR-174, em Pontes e Lacerda, quando a equipe abordou dois caminhões, com dois semirreboques em cada.

O primeiro veículo era ocupado somente pelo condutor, de 44 anos. O segundo caminhão estava ocupado pelo condutor, de 55 anos, e a mulher dele, de 51.

Três pessoas foram presas com a carga de 1.2 tonelada de droga — Foto: Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso
Três pessoas foram presas com a carga de 1.2 tonelada de droga — Foto: Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso

O prejuízo ao narcotráfico é em torno de R$ 180 milhões.

Em fiscalização minuciosa, os PRFs identificaram compartimentos adaptados, que poderiam estar escondendo droga.

Questionados, os ocupantes de ambos veículos disseram não se conhecer, mas ficaram muito nervosos quando indagados sobre os locais adaptados e apresentaram as mesmas versões, de que adquiriram os veículos como estavam, sem ter conhecimento dos locais “secretos”.

Ao abrir os compartimentos do primeiro caminhão, os policiais encontraram 804 kg de cloridrato de cocaína, em um total de 796 tabletes, além de uma quantia de R$ 8,6 mil que estava com o condutor.

No segundo veículo, havia mais 443,25 kg distribuídos em 440 blocos e a quantia de R$ 3,5 mil com o motorista, sendo o peso total, entre os dois caminhões, de 1,2 tonelada.

Após a descoberta do entorpecente, os envolvidos informaram que receberiam uma quantia em dinheiro para fazer o transporte. Os dois veículos saíram de Cáceres, a 220 km de Cuiabá, com destino a Sapezal, a 473 km da capital.

Fonte | G1

Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *